domingo, 7 de julho de 2019

Onde é o Início? Onde é o Fim?




A manhã está fria e cinzenta de tão vazia,
ninguém me vê
no mar tão macio, tão pequeno ao meu redor e
tão cheio de mim,
espero as horas que chegam, e partem, e voltam
parecem-me mulheres perdidas, desamadas, loucas,
cheias de silêncio levando as marés,
não ficam, não vou
ninguém é meu, ou minha,
não há histórias, não há memórias, não há cheiros,
não há canções, não há paredes manchadas, nem roupas estragadas,
não há flores no jardim, não há passos junto à porta,
não houve início, não há fim,
não há cama para fazer, nem mesa,
nem janela para abrir, nem livro pra fechar,
há um vazio
que não é possível,
um desejo
que não cresce
há uma dor
que não mata

Alma Kodiak

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

12 comentários:

  1. Interesante perspectiva de la escalera, parece que no tuviera final.

    Saludos desde el país vecino.

    ResponderExcluir
  2. Um belo poema apaixonante!
    A fotografia está perfeita! Adorei!
    Abreijos :3

    ResponderExcluir
  3. Linda escolha do poema, ah, querido amigo, sentir a alma é a única coisa que nos dá a sensação de existir, embora muitas vezes nos sentimos assim, indagando sobre o começo e o fim, acredito que não há nem começo e nem fim nessa eternidade de nossa alma!
    Sensibilidade ímpar, eis o que há em ti!
    Abraços apertados! 😍

    ResponderExcluir
  4. Vazio, vazio, porém um belo poema, Paulo.
    Não encontrei nada sobre a autora, o que lamento.
    Excelente gravura. Parabéns pelo bom gosto.
    Ótima semana. Beijo.
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então Majo. Li em uma revista literária e também não encontrei nada. Mesmo assim resolvi postar pois é magnífico ...

      Obrigado pelo carinho

      Excluir
  5. Um belo poema. Ligeiramente depressivo, o que aumenta o meu interesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também aprecio os escritos que possuem um certo grau de depressividade. Obrigado pelo carinho de sempre Mark.

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin