domingo, 22 de novembro de 2020

Por hábito!


– Eu não. Eu nunca me acostumo com coisa alguma. Se você se acostuma com alguma coisa é como se você morresse um pouco.

Truman Capote, Histórias Maravilhosas

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

domingo, 15 de novembro de 2020

Morte!



A morte não tem segredos. Não abre portas. É o fim de uma pessoa. O que sobrevive é o que ela ou ele deram às outras pessoas, o que permanece nas memórias alheias.

Norbert Elias - A Solidão dos Moribundos

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

domingo, 8 de novembro de 2020

Para um novo dia!




Ó alma minha não aspira o Imortal,
mas esgota o campo do possível.

Píndaro, poeta do Séc. V a.C.

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

domingo, 1 de novembro de 2020

Nietzschedamente!


nietzsche01b.gif


Juízos, juízos de valor sobre a vida, a favor ou contra, nunca podem ser em última instância verdadeiros: eles só possuem o valor como sintoma, eles só podem vir a ser considerados enquanto sintomas. Em si, tais juízos são imbecilidades. É preciso estender então completamente os dedos e tentar alcançar a apreensão dessa finesse admirável, que consiste no fato de o valor da vida não poder ser avaliado.
No entanto, uma condenação da vida por parte do vivente permanece sendo em última instância apenas o sintoma de um tipo determinado de vida: sem que com isso se pergunte se uma tal condenação tem ou não razão de ser. Se precisaria ter uma posição fora da vida, e, por outro lado, conhecê-la tão bem quanto um, quanto muitos, quanto todos que a viveram, para se ter antes de tudo o direito de tocar o problema do valor da vida: razões suficientes para se compreender que esse problema é inacessível para nós. Quando falamos de valores, falamos sob a inspiração, sob a ótica da vida: a vida mesma nos obriga a instaurar valores, a vida mesma valora através de nós quando instauramos valores…

Friedrich Wilhelm Nietzsche - Crepúsculos dos Ídolos

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

domingo, 25 de outubro de 2020

Le parti pris des choses!

ponge2.jpg

Não vejo por que não começaria, arbitrariamente, por mostrar que a propósito das coisas mais simples é possível fazer discursos infinitos, inteiramente compostos de declarações inéditas, enfim, que a propósito de qualquer coisa não só ainda não se disse tudo, mas praticamente tudo está por dizer.

Francis Ponge

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

domingo, 18 de outubro de 2020

Distração!


Distraio-me a olhar a cara das pessoas, a superfície mais divertida do mundo, conforme Lichtenberg. Que passa dentro da alma? Quantas angústias? Que estará se perguntando hoje?

Murilo Mendes

domingo, 11 de outubro de 2020

Francisco! Um ano de muita graça e amor!



E assim vamos em nossa luta contra o tempo. O senhor implacável que se faz presente em toda a nossa existência.
Lá se vai um ano e o então bebê Francisco já toma contornos de um pequeno homenzinho, crescendo em graça e formosura como convém.
O tio-avô por aqui, babão, lhe deseja parabéns, muitas felicidades por toda a sua existência. 
Você não quis esperar o feriado do dia 12, dia das crianças e de Nossa Senhora Aparecida. Já nasceu determinado.
Enfim, lá se vai um ano daquele 11 de Outubro de 2019 e, hoje, ainda sob a égide do Corona, aqui a comemorar contigo seu primeiro aninho de vida.
Beijão meu anjo querido!


Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

domingo, 4 de outubro de 2020

E agora?




bukowski028.jpg
Contudo, todos nós precisamos de fuga. As horas são longas e têm de ser preenchidas de algum modo até nossa morte. E simplesmente não há muita glória e sensação para ajudar. Tudo se torna logo chato e mortal. Acordamos pela manhã, jogamos os pés para fora da cama, colocamo-los no chão e pensamos ah, merda, e agora?

Charles Bukowski - anotado em um velho pedaço de papel, por acaso.

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin