quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Decifrando-me


"Quando eu penso que estou começando a me entender, começando a responder as perguntas que buzinam em meu pensamento, e esquecer as tristezas que permanecemm em meu coração.
Descubro que há mais mil coisas sobre mim que não sei, mil perguntas que não decifrei, e mil coisas que não esqueci e que virão que nunca irei esquecer... Por este motivo não espero que, me entendam sempre."

Luana Ferraz

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

29 comentários:

  1. Nem eu, espero que me entendam. De preferência, NUNCA!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É sempre assim, né? Mas faz parte da vida e da nossa evolução como ser humano. Acredito que nos deciframos pouco a pouco, a cada dia. A cada atitude. A cada... Tudo! Em resumo é isso.

    Se cuida, Paulo! Abraço.

    ResponderExcluir
  3. bonito!

    e cadê eu na resenha?
    hehehe

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo, esse texto é muito real, tem vezes que nos surpreendemos a nós mesmos, com atitudes que tomamos. O discurso muitas vezes não condiz com o percurso. Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Somos assim , um mar de mistérios, até para nós mesmos.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. POstagem p mim??? Talvez a causa e origem de todo meu mal... Esperar que me entendam sempre!!!
    Beijocas da Descabelada!!!

    ResponderExcluir
  7. Perfeito ..... tai uma bela descrição sobre minha pessoa ... agora se vc também é assim ... já penou a ZONA que vai quando eu e vc estivermos batendo um papo .... kkkkk

    abs

    ResponderExcluir
  8. Como dizia Oscar Wilde, toda mulher é uma esfinge e tem seus milhares de Segredos.

    Bj, PAUlão!

    ResponderExcluir
  9. Se pelo menos EU me entendesse, já ficaria extremamente feliz!

    ResponderExcluir
  10. Pois é... como podemos esperar que nos entendam se até a gente tem dificuldade pra se entender?

    Beijos Paulo!

    ResponderExcluir
  11. se nem eu me entendo, como posso querer q o outro faça isso?

    ResponderExcluir
  12. Mais uma vez o auto-entendimento.
    Esse estranho e desaparecido...

    Bonito o texto.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Círculo vicioso total! Quem mandou ser humano e vasto, né?

    Eu estou na fase de achar que me entendo, respondo e esqueço. Por hora vou acreditar nisso.

    Beijo³.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  14. Que perfeito..... simplesmente porque nem nós mesmo conseguimos isso o tempo todo, é exigir muito que os outros tentem........ por isso aposto na compreensão e na vontade...... enfã... bjuuuu!

    ResponderExcluir
  15. As vezes não entendem... e temos que lidar com o não entendimento....

    Se nem a gente se entende... como podemos querer, esperar que o outro o faça? É uma expectativa fadada ao insucesso...

    ou não

    bj

    ResponderExcluir
  16. Entendi...Desentendi, deconheci, reconheci e ainda não sei omo posos me entender....É bem assim mesmo...Bjks

    ResponderExcluir
  17. Entendi...Desentendi, deconheci, reconheci e ainda não sei omo posos me entender....É bem assim mesmo...Bjks

    ResponderExcluir
  18. Querido seu blog é meu deleite!
    Lindas postagens sempre!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. Olha, posso dizer com conhecimento de causa que é bem por aí mesmo. Há momentos em que a gente mesmo se desconhece. Já tentei me decifrar um montão de vezes, mas desisti. Pra quê? Deixo a vida me levar, que já está de bom tamanho.

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  20. Eu desisti de tentar me entender.
    Acho que todos somos um pouco assim.
    Então deixei isso de lado e resolvi viver.

    =D

    ResponderExcluir
  21. "Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças"
    Charles Darwin


    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  22. Nem nós memso nos entendemos as vezes, como podemos esperar que os outros nos entendam? Isso para mim é pedir demais...rsrs

    ResponderExcluir
  23. Quem é o homem afinal? Uma esfinge sempre nos surpreendendo com seus mistérios indecifráveis. Abraços queridão.

    ResponderExcluir
  24. Aiai, vestiu-me como uma luva (de pelica, que soy beeba tá?)

    ResponderExcluir
  25. E eu? Eu nem quero que me entendam!!!

    Lindo texto, Paulo!

    Um abração, meu querido!!!!!!

    ResponderExcluir
  26. verdade verdadeira!
    =/
    quem sou?
    onde estou?


    abraços
    voy

    ResponderExcluir
  27. Nossa, como isso acontece comigo.
    Sabe que já cansei de tentar me decifrar?
    A cada nova situação que surge, tenho uma reação até inesperada, daquelas que a gente pensa assim: "Nossa, nunca pensei que fosse agir assim"
    E assim vamos nós, sempre nos descobrindo, cada dia mais um pouco.
    Mas acho isso até bom, a gente não fica na rotina, na mesmice, sei lá...
    Uia, falei por demais da conta sô.
    :)
    Beijos, muitos.

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin