sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ele era uma Brastemp


Ceyton Cabral é de Olinda/Pernambuco. 25 anos, jovem redator publicitário e ator. Poderia ser um excelente professor de ciências, um dentista competente e que não põe medo nas crianças, um ortopedista de primeira, um psicólogo de sucesso ou um repórter convincente. Mas tenho um caso de amor com as palavras e não pretendo terminar esse romance nunca mais. De seu Blog Cleytudo extraí e adaptei isto:

Ele tinha uma coisa que eu não sei explicar assim uma coisa que me roubava a atenção, algo fora do lugar, talvez o nariz um pouco grande demais, talvez a marca da BCG um pouco grande demais, não sei. Tudo bem, eu tenho uns gostos bem esquisitos. Quem é o louco que repara numa marca de vacina? Eu. Gostava quando ele recitava poesias enquanto cavalgava no meu membro. Pessoa, Neruda, Vinicius, Drummond, Leminski saindo da boca dele com o cheiro do meu sêmen. Eu fazia o movimento a cada respiração dele, entre uma palavra e outra. Eu sabia o momento em que estava para terminar, ele sempre gozava quando findava o poema. Era lindo. As palavras galopantes, cortadas já, à beira do abismo. Meninos esquisitos me tiram do sério.

Adaptado de Ceyton Cabral

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

45 comentários:

  1. Oi amigo =)
    Gostei do blog,to seguindo viu?
    Li o texto la embaixo de Caio Fernando,ai q belo texto cada vez gosto mais dele,hehe.
    Esse último tb muito interessante (:,

    boa noite,fica com Deus

    ResponderExcluir
  2. Marca da BCG , juro que nunca me passou pela cabeça de olhar isso ...será que era porque eu olhava outras partes ...kkk

    ResponderExcluir
  3. Nouussaaaa!!!
    Falar poema cavalgando é um pouco difícil... ou eu tô errado?!
    Huahuahuauahua
    abraçoooo!

    ResponderExcluir
  4. Ai, eu super adoro o exótico. Qual a graça em beautiful people?

    ResponderExcluir
  5. Bacana o texto.
    De cara com o detalhe da vacina...
    :-P
    Abs.

    ResponderExcluir
  6. Cavalgar poetando?
    Nooooossssaaaa..que diferente ,vou tentar..
    aloka!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    abraço amigo.

    ResponderExcluir
  7. Caramba, nunca pensei que alguem se sentiria atraído por uma marca de BCG...isso me impressionou. kkkk...olha eu tbm gosto de pessoas (esquisitas eu não diria) diferentes, não precisa ser daquelas que recitam um poema na hora H...rs, mas adoro ouvir poemas, me fascinam!
    Beijokinhassss
    ;*

    ResponderExcluir
  8. Bom dia , Paulo !
    Fiquei feliz que tenha gostado
    do meu espaço , porq adorei seu blog.
    Super inteligente , o que tem pra hoje é sempre interessante , ...Rs

    BjO e muito obrigada por sua
    companhia e comentário.

    ResponderExcluir
  9. De perto ninguém é normal, não é esse o recado do caetano?

    Reparo em detalhe e adorei o texto.

    Adorei também a dica do blog.

    Bjo Paulo! Bom fds.

    ResponderExcluir
  10. Que maravilha!
    Talento o do teu amigo...
    E ainda cita meu "muso" Leminski!

    ResponderExcluir
  11. Querido amigo, eu tenho uma marca enorme de BCG., ainda bem, pq naquela época as crianças morriam sem a vacina, mas fico imaginando o tamanho da agulha no meu pobre bracinho rsrs. Agora esse gozo poético é demais!!! Adorei. Beijocas

    ResponderExcluir
  12. sexo é poesia!
    :)

    bom fds amigo!

    ResponderExcluir
  13. Que delícia. Espero que sejam poemas compridos como a Tabacaria p ex haushaahu... Achei fofo, eu acho, e eu reparo em marcas de vacina uai! hauhasuh! bjuuBFF!

    ResponderExcluir
  14. OMG!
    Que TUDO esse texto, gente!

    AMAY de verdade!

    ResponderExcluir
  15. *tbm tenho gostos esquisiterrimos em homens.

    ResponderExcluir
  16. Só para lembrar que hoje às 22 horas o BLABLABLA NO TELECOTECO/ blablablanotelecoteco.blogspot.com/ abre suas portas para o início das entrevistas e depois uma canja musical com um grande astro da MPB.
    Não deixe de conhecer a arte circense na mais alta qualidade.
    É hoje, 10 da noite.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. E eu achava que tinha alguns gostos peculiares...Mais fascínio por marca de vacina foi forte (adorei)!!!E sendo cavalgado ouvindo poemas deve ser tudo de bom...Lindo texto!!!

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito!E a marca de BCg deu um toque diferente.(estamos tão acostumados com o óbvio!)
    Um beijo,querido.

    ResponderExcluir
  19. Eita, lelê! =)

    Só de pensar na cena (nos poemas, quero dizer) dou uma broxada (rs) mas a narrativa ficou sexy demais!

    Beijo, beijo!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  20. Weird Demais.

    Curioso pra saber como a pessoa consegue tamanha concentração nessa hora pra conseguir recitar um poema inteiro XD.

    Beijos Paulo!

    ResponderExcluir
  21. Gente, por isso que falam que poesia vai bem com tudo!

    Agora que esse cara deve ser bom de poesia.. ahhhh isso deve sim!

    Deve até ter uma poesia rapidinha para as horas de emergencia.

    Abçs

    ResponderExcluir
  22. Nossa... isso seria um cara que é inteligente e sabe gozar! haha
    Acho que eu, certamente, perderia a concentração! Uma das duas coisas não ia sair mto bem! =D

    Bela dica o blog do Cleyton!

    Abço ^^

    ResponderExcluir
  23. Hummmm, da próxima vez que eu cavalgar...uiaaaaa...vou tentar recitar algum poetrix, um acróstico...rsrs
    Será que ele vai gozar no final???
    Depois te conto...

    Beijos enormes meu querido amigo Paulo.

    ResponderExcluir
  24. Praticamente acabamos de chegar, mas deixo meu carinho e um beijo cheio de saudade.

    Beijo imenso, menino lindo.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  25. ui!!!
    poetico, tenso, luxurioso...
    amey!!!

    abraços
    voy

    ResponderExcluir
  26. AI ai... dei boas risadas com teu blog, tuas imagens, teu ponto de vista! Adorei. Sempre muito bom passar por aqui, amigo. AH, obrigado pelo comentário no meu blog viu? =)

    ~Até a próxima.

    *DB*

    ResponderExcluir
  27. A poesia que leva ao gozo...
    Interessante! Esqusito, porém interessante. O lance da poesia até que entendo, o que não entendo é o fascinio pela marca de vacina...Oo
    rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  28. ele gostava de um nerd tipo Sheldon e não sabia!

    beijão querido

    ResponderExcluir
  29. Nossa que coisa, adorei o texto, recitar poemas na hora do sexo, estranho e genial! hehe

    ResponderExcluir
  30. suas homenagens são incriveis!

    ResponderExcluir
  31. rapaz, se a gente ler com cuidado fica excitado[a], mas q coisa =x
    paauloooooooooooooo, meu lord, q saudadeeeeee docê tomém, omiii. tô voltando amorecooo, e num podia deixar de vir aqui, oras ^^ bjs no coração e paciência pra me aturar, ráh! xeruuuuuuuuuuuu *-*

    ResponderExcluir
  32. Às vezes eu tenho gosto.
    Às vezes eu tenho pressa.

    ResponderExcluir
  33. Paulo

    Ofereceram ao 'Cova do Urso' o selo «Prémio Blog de Ouro - Eu Admiro este Blog» e escolhi partilhar com alguns blogues que aprecio muito, mas muito.

    Esta nota é para informar que o seu blogue está nessa lista. Pode conferir e levar o selinho, clicando aqui.

    Porque gosto muito do seu blogue, aqui fica esta minha homenagem.

    Abraço,

    António
    'Cova do Urso'

    ResponderExcluir
  34. que intereçante,adorei,muito lindo,estou seguindo,abraços.

    ResponderExcluir
  35. Muito interessante!
    Você sempre sabe escolher a dedo o que publicar!

    ResponderExcluir
  36. Bjos, estou tão distante de poesia quando faço sexo, que nem tenho comparatório para linkar com o menino fino, que goza em poesia, viu...
    bjo
    Mas acho que cantaria a Konga(da gretchen...)

    ResponderExcluir
  37. Bjux na Brastemp de cada um de vcs ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  38. ADoro homens esquisitos, desde que não ultrapassem a minha esquisitice, rsrs.

    ResponderExcluir
  39. Belíssima simbiose formada por poesia e sexo. Realmente há uma comunhão entre ambos. Gostei do blog e virei seguidor. Se quiser passe em http://lectandome.blogspot.com
    Abraço
    Jasanf.

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin