quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Diamantina!



Cidade do interior de Minas Gerais, Diamantina foi consagrada na história do Brasil a partir do século XVIII quando se tornou o principal centro de extração de diamantes no Brasil.
Na época, a região chamada de Arraial do Tijuco, passou a chamar-se de Distrito Diamantino, em um regime diferente do restante do Brasil, administrado por um Contratador, que era o homem mais rico do Brasil Colônia.
Em Diamantina, acontece uma das mais famosas histórias de amor no Brasil Colônia, entre a negra Chica da Silva e o Contratador João Fernandes de Oliveira.
A figura de Chica da Silva ficou marcada na cultura popular como a “escrava que virou rainha”, já que o Contratador casou-se com ela, fazendo com que ela vivesse em uma vida de opulência. Para ela o contratador mandou construir uma grande casa, onde viveram juntos. Tiveram 13 filhos.
Ao contrário do Ciclo do Ouro, que declinou no final do século XVIII, o Ciclo do Diamante manteve sua exuberância por mais tempo.
Ainda em 1831, ano em que o arraial passou a se chamar Vila Diamantina, a extração e comércio de diamante originava grandes riquezas. Teve espaço a elite mais requintada de Minas Gerais, enquanto as cidades do ouro amarguravam a exaustão de suas jazidas.
Já no século XX, a cidade de Dimantina trona-se o berço de uma das figuras mais ilustres da política brasileira, o ex-presidente da Repúlbica Juscelino Kubitscheck.
Em Diamantina também nasceu e viveu o mulato liberto José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita, filho de português, considerado o maior músico sacro do século 18 nas Américas.
Diamantina recebeu do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN o título de patrimônio histórico nacional.
Em 1999, foi tombada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura como patrimônio da humanidade.
A cidade é um dos destinos da Estrada Real, um dos roteiros culturais e turísticos mais ricos do Brasil e é conhecida por suas serestas e vesperatas, um evento em que os músicos se apresentam à noite, ao ar livre, das janelas e sacadas de velhos casarões, enquanto o público assiste das ruas.

No final de semana passado, estive por estas terras para aproveitar o feriado de Independência do Brasil, bem como, para prestigiar o casamento de uma das filhas de uma saudosa amiga . "Rita".
Uma nova viagem pelo tempo, em todos os sentidos. 
Compartilho com vocês alguns registros desta prazerosa cidade, bem como, três vídeos que mostram JK [o maior Presidente da República deste país] cantando uma seresta tipicamente Diamantinense [raridade histórica],  a genialidade de Lobo de Mesquita e um trecho da vida de Xica da Silva [retratada em novela da extinta TV Manchete].






Bratz Elian
enfim ... é o que tem pra hoje ...

16 comentários:

  1. Uma cidade que se revestiu de elevada importância económica para o Brasil. Gostei bastante desta excursão histórica por Diamantina.

    um abraço, caro amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim a melhor e mais linda cidade de Minas Gerais. Em todos os sentidos. Beleza, arquitetura e cultura. Supera em muito Ouro Preto.

      Excluir
  2. Próximo destino assim que a graduação chegar!!!!!
    Lindo por demais!

    ResponderExcluir
  3. É gratificante o relato de alguém que presenciou toda esta história em tempo real. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara q todos tenham esta oportunidade de viver muito ... rs

      Excluir
    2. Vc é um dos q terão este privilégio, sempre revigorado com a garotada ... kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. Gostei muito da cidade! Parece uma cidade daquelas cujo tempo não passou por ela. Muito limpa, bonita, dá gosto!
    A música que colocaste a acompanhar também é muito linda! obrigado pela partilha! :)
    Abração :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mikel. Ela é linda, acolhedora e com muitas opções culturais ...

      Excluir
  5. Paulo essas suas imagens faz-me lembrar Portugal :-) e eu cheguei a ver a novela Chica da Silva que achei um mimo, com alguma ficção misturada mas uma coisa é certa, o Brasil é grande :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tenho esta mesma impressão de que Diamantina lembra muito Portugal. Linda, culta e revigorante.

      Excluir
  6. Minas Gerais está na lista das visitas na minha ida (espero eu) ao Brasil, no Mato Grosso.... e Manaus mas isso é do outro lado do país!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então meu caro. Acompanhei suas aventuras aqui pelo Brasil. Parece q foram legais. Minas Gerais tem muita coisa legal, principalmente Belo Horizonte e as cidades históricas [Ouro Preto, Mariana, Congonhas, Sabará, São João d'el Rei, Tiradentes, Diamantina]. Algumas ficam bem perto aqui da Capital. Manaus já fui duas vezes e amei. Mato Grosso não conheço. O nordeste [estados menores como Sergipe e Paraíba são bem legais, gosto mais do que aqueles badalados pelos turistas [Bahia, Ceará, Pernambuco]. No sul, Santa Catarina é algo à parte. Será bem vindo aqui em MG e conte comigo para assessoria ... rs

      Excluir
    2. O Brasil é tão grande e diversificado que nunca pode ser visto na sua totalidade mas como amante de natureza que sou, da próxima vez tenho que resistir à tentação da cidade e entrar bem no coração desse pais lindo.
      De certeza te aviso quando for e quanto a Stª Catarina, conheci um casal gay que me falou muito bem também.

      Excluir
    3. Exatamente isto meu caro. Um país de muita diversidade. Eu sou urbanoide por excelência mas gosto de ver as belezas naturais. Sim, Sta. Catarina é um caso à parte. Linda. Junta a natureza com o urbano de forma encantadora, além de ser uma cidade bem gay.

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin