quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Funeral Blues





Um dos poemas que mais gosto é Funeral Blues de Wystan Hugh Auden.
Ele se tornou muito famoso quando declamado em uma das cenas mais belas do filme Quatro Casamentos e um Funeral
Descobri agora que ele foi musicado e ficou belíssimo. Confiram o poema e a canção:

Funeral Blues 
W. H. Auden

Parem todos os relógios, calem o telefone, 
Impeçam o latido do cão com um osso para a fome, 
Silenciem os pianos e com tambores chamem a vinda do caixão, deixem que os desconsolados clamem. 
Que aviões circulem no alto, um voo torto,
Rabiscando no céu a mensagem: ele está morto. 
Que se coloque nos brancos pescoços de pombas coleiras pretas,
E os guardas de trânsito usem luvas de algodão negras. 
Ele era meu Norte, meu Sul, meu Leste e Oeste,
Minha semana de trabalho, um domingo campestre,
Meu meio-dia, meia-noite, minha fala, minha canção.
Eu pensava que o amor duraria para sempre: eu não tinha razão. 
Não me importam mais as estrelas; tirem-as da minha frente, 
Empacotem a lua, desmantelem o sol quente, 
Despejem o oceano, tirem as florestas de perto; pois agora nada mais pode vir a dar certo.

Tradução: Rodrigo Suzuki Cintra




Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

22 comentários:

  1. Um dos poemas mais lindos que conheço! A cena do filme não fica atrás...

    https://www.youtube.com/watch?v=hcAYsJo3-uM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Luiz ... este poema é impecável e a sequência do filme qdo ele é declamado é impressionante ...

      Beijão

      Excluir
  2. Lindíssimo ! Sabe que eu havia me esquecido dele ?
    Adoro o filme !! Quero rever a cena ... faz tanto tempo !!
    Vou ver se acho !
    A palavra pra vc por esse post, é : Obrigado !

    Abração !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, o Luiz postou o link da cena aí em cima ... realmente é algo incrível, uma das mais belas sequências cinematográficas q já vi.

      Obrigado a vc pelo carinho

      Beijão

      Excluir
    2. Verdade, havia passado despercebido !
      Lindíssimo !! Acho que quero ver o filme todo de novo ...

      Abraço !

      Excluir
    3. Eu revi esta semana ... uma nova emoção revê-lo ...

      Beijão

      Excluir
  3. Existe uma versão "erudita" para piano e voz que tive o prazer de cantar a muito tempo atrás! Lembro que foi um tour de force.... Várias vezes durante o ensaio eu tinha de parar para chorar! É um dos poemas mais terríveis e belos sobre a perda do amor!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou aqui a imaginar toda a sua emoção querido. Por acaso vc não tem o vídeo desta sua apresentação? Deve ter ficado incrível pelo q conheço de seu ofício.

      Beijão

      Excluir
    2. Infelizmente não tenho a gravação , Paulo! Mas lembro muito bem o impacto que esse poema teve em mim!
      Bjs

      Excluir
    3. Que pena amigo! Fico a imaginar tal impacto em sua performance ...

      Beijão

      Excluir
  4. Lindo mesmo, sensível brilhantemente musicado!
    Maravilhoso! Grato por compartilhar.

    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina querido. O q é bom devemos compartilhar. Tudo isto me veio meio q pelo acaso. Assistindo o Jorge Pontual declamando este poema no Globo News Painel me veio toda eseta lembraça do filme e descobri esta versão musicada. Incrível este poema e toda a sua força ...

      Beijão

      Excluir
  5. Olá,Bratz, boa noite,
    verdade, ficou muito belo o poema , que era belo, musicado.
    Obrigado pelo carinho,belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
  6. Antecipando o retorno das féria por conta de exames de rotina em várias especialidades médicas.
    O engraçado de tudo isso é que vi várias vezes o filme e não atentei para o poema. Agora com ela musicado passei a perceber.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom retorno amigo. Que esteja tudo bem com a saúde e q assim permaneça ... Legal q tenhas atenado para o poema ...

      Beijão

      Excluir
  7. Que surpresa boa! Ainda não conhecia essa preciosidade, lindo o poema!
    E linda a música também!
    Como disse o Marcos: Obrigado!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado a vc amigo por ter gostado ... realmente muito belos ...

      Beijão

      Excluir
  8. Eu não conhecia... Curti pra kct. Bonito mesmo....
    Quando alguém é tudo, o fim se torna lastimável com feriadas "incuráveis".
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então! retrata com grande lirismo de forma pungente a dor de uma grande perda ... lindíssimo

      Beijão

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin