segunda-feira, 28 de julho de 2014

Um Fetiche!




Definitivamente no corpo do outro uma das partes que mais me apetece são os pés, sim os pés. 

A afirmação faz muitos torcerem seus narizes, e os mais efusivos retrucam com espanto:
- “Pés? Não entendi, como assim?”.
É simples, eu tenho uma quase adoração e meus impulsos sexuais se afloram veementemente quando me deparo com um pé - que a partir de um código estético elástico – eu defino como bonito.
É uma reação física, não há ligação explícita com o viés emocional, eu enlouqueço ao ver um belo pé. 

Se meus olhos se perderem ao observar o seu (ou um outro) pé saiba que estou fantasiando aquela maravilha em minhas mãos, no meu rosto, brincando inocentemente com o meu, ou mesmo, até com algumas mordidinhas minhas nele, e coisas afins. 

Tento padronizar os meus tipos preferidos, mas não há linha mestra que ligue aqueles que mais me atraem pois gosto dos grandes, mas há pequeninos tão lindos, finos ou mais gordinhos, clarinhos ou mais escurinhos, não importa.

Meu desejo pelo pé alheio é algo tão pessoal que não sei explicar direito.
É carnal, físico, sexual este meu desejo podal-absurdo, mas pé também serve para os momentos de amor. E quando há amor: esfregar junto ao outro, observa-los ao dormir,  é uma sensação de voltar ao paraíso.
E há quem diga que mamilos são polêmicos. Desculpem-me, mas pés são fundamentais.

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Se é que você me entende!



“Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas as coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?"

Caio Fernando Abreu

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Tem épocas que Belo Horizonte pensa que não é roça!



Então! Quando isto acontece eu até gosto.
Este final de Julho está sendo um destes períodos com uma certa agitação na programação cultural da cidade. Nada assim de grandioso mas, pelo menos, serve para alterarmos a rotina dos dias de semana.
Sexta Feira que passou fomos ao Teatro Bradesco, recém inaugurado, ver a fabulosa Ná Ozzetti com seu show Meus Quintais. Definitivamente uma delícia. Esticando a noite teve a Noite dos Museus com todos eles abertos durante a madrugada. Curtimos bastante o Circuito Cultural da Praça da Liberdade.
Dia 26 iremos para um show que muitos rotulam como o máximo da baranguice, não é o meu caso, pelo contrário, poderei relembrar os velhos e bons tempos da Era do Rádio. Show de Cauby Peixoto e Ângela Maria também no Teatro Bradesco e, para terminar a série, veremos Beatles Segundo a Cia Filarmônica.
Bem que poderia ser sempre assim, uma BH menos roça e fazendo jus à sua condição de cidade grande e capital das Minas Gerais.







Teatro Bradesco Belo Horizonte



Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Então uma Katana caiu em BH!



E foi assim! Do nada, sem qualquer aviso, uma katana caiu aqui em BH.
Justo quando o Enfim! é o que tem pra hoje ... completa seus 07 aninhos. Que presentão.
Já nos conhecíamos de BlogsVille desde os primórdios do Bratz nesta esfera mas, só agora, a vida conspirou para que nos conhecêssemos pessoalmente. 
Foi fantástico, uma pessoa ímpar, de altíssimo astral. Foi muito rápido é verdade, mas valeu!
Amigo Érik [O Katana de Bambu], foi um prazer poder desfrutar de sua companhia aqui em BH.
Volte mais!




ps: o começo - 19 de Julho de 2007

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Ele voltou!!!



Então! Eis que ele volta lindo e radiante!
A Copa acabou e o Bratz voltou depois de merecidas férias na Princesa do Nordeste - Aracaju.
Melhor impossível.
Amigos, praia, passeios, culinária, show, forró, enfim, tudo o que o Bratz gosta.
Para completar a tal Seleção tomou a uma sonora sapecada de 7 o que deixou-me na maior felicidade.
Que maravilha!
Aos poucos vou visitando cada um dos amigos de BlogsVille para colocar os comentários em dia.
Só para registrar deixo aqui alguns flashes desta odisseia toda, enquanto espero Agosto e com ele Sampa novamente. E vamos que vamos!


Batz Elian
enfin! é o que tem pra hoje ...

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Enfim chegando o dia!

Já me vejo rodando a bolsinha nas noites aracajuenses!

Então! Amanhã 26 de junho, estou aqui, de "mala" pronta! 
Bora para o Nordeste e esquecer este saco de Copa. Claro que no fundo do meu coração estou torcendo, e muito, pelos Hermanos Argentinos! Que as bençãos do Papa Francisco desça sobre a seleção celeste.
Eu e Elian embarcamos para Aracaju e por lá ficamos até o dia 10 de Julho. 
Sei que todos vocês ficarão mortos de saudades, mas prometo que assim que voltar estarei de novo aqui para o deleite de todos, só que revigorado pelos ares de Sergipe e pelo "Sex Appeal" dos "cabras da peste" aracajuenses ou aracajuanos se preferirem ... o que importa mesmo é o CAJU [rs]. 
Os exemplos que tenho alimentam esta certeza.

Beijão a todos!

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Carta a um grande Amigo!

Dona Flor e seu dois maridos??? rs


Ele me entende, ás vezes até mais que eu. Atura minhas loucuras, minhas crises, meu peso. Atura sorrindo e me fazendo sorrir, só porque ser meu amigo pode ser bom, independente do meu humor. Quando eu penso em desistir, ele me carrega no colo. Quando eu acho que não posso mais aguentar e quero sumir do mundo, ele me conta uma piada e me faz sentir leve outra vez. Só ele consegue, acho que é um superpoder. Imagina se mais alguém conseguiria botar um sorriso no meu rosto, quando já estou pronto para chorar. Quem mais consegue segurar meu mundo, sem nem fazer esforço? Só ele suporta minhas neuroses com tranquilidade, porque a gente sempre acaba rindo do quanto eu sou paranoico. Rindo do quanto a gente sabe tanto um do outro, que é quase um só. Eu queria ficar no abraço dele pra sempre, nessa sensação de proteção, de porto seguro. Queria cuidar dos arranhões dele, antes mesmo de surgirem. Queria evitar qualquer dor que pudesse chegar até ele, explicar para cada pessoa nesse mundo o quanto ele é incrível e especial e fazê-las prometer que nunca vão magoá-lo. 
Agradeço à vida por permitir que nossos caminhos pudessem se cruzar nesta existência.
É mais ou menos assim que te vejo e que te sinto meu querido AMIGO! 

Já já, eu e Elian, aí estaremos, junto a você e a quem te é muito caro! Beijão!

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Mudando-me a mim?






Aceito a ordem
das coisas, a geometria
imposta do quarto?
Os objectos no
seu lugar de sempre,
a distância exacta
da cadeira à mesa,
do meiple à janela?
O sono do tapete?
O universo diário
do quarto alugado,
as molduras que
cercam, resguardam
naturezas mortas,
paisagens imóveis?
Aceito a minha vida?
Ou mexo no candeeiro,
desvio-o alguns centímetros
na mesa, altero
as relações das coisas,
afinal tão frágeis
que o simples desvio
dum objecto pode
romper o equilíbrio?
Pego no telefone
e grito ao primeiro
desconhecido: ouves-me?
Ou deixo tudo
tal como está,
medido, quieto
no rigor do quarto,
e eu hesitante
entre o soalho e o tecto?
Desloco o cinzeiro
sabendo que posso
matar mandarins,
provocar cataclismos,
fracturas, amores,
eclipses, sonhos,
com a ponta dum dedo?
Ou apago a lâmpada
eléctrica e entro
no mesmo torpor
que as flores do tapete,
a fruta dos quadros,
o frio, o bolor,
no chão, nas paredes,
o poema na mesa,
a mesa no espaço
do quarto comprado
mês a mês? Confundo
o aluguer e o tempo,
deixo-me ser
em cada milímetro,
em cada segundo,
do quarto, da vida,
o outro objecto
chamado inquilino?
Ou desencadeio
a insurreição
mudando de sítio
o meiple, a cadeira,
mudando-me a mim?

Carlos de Oliveira

ps: mais do que nunca, mudo-me a mim a cada instante, conforme as circunstâncias e o meu interesse ... "E QUE FODAM-SE, A COPA E MUITAS OUTRAS COISAS"!

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin