segunda-feira, 5 de outubro de 2015

O Essencial!



Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora.
Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados.
Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.
Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.
"As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos".
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa …
Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade,
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade,
O essencial faz a vida valer a pena.
E para mim, basta o essencial

Mario de Andrade

ps: Mais uma etapa da luta vencida. Estou bem e em recuperação. A cada dia que passa, a cada batalha vencida, maior a convicção: "Basta o essencial"!

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

22 comentários:

  1. Bom dia, Bratz. Bom dia, Paulo. Acho que ando um tanto Mário ultimamente.
    Acabo de ler um livro no qual a personagem sofre de Alzheimer precoce. De repente, ela descobre que, aos 50 anos, logo não será mais quem é, não se lembrará das pessoas que ama ou terá seu respeito, nem terá mais uma profissão de destaque em sua área. As pessoas se afastarão dela, achando que demência é alguma coisa contagiosa. Olharão para ela com pena e confusão. Sofre, ao perceber que todos discutem sua vida e seu destino como se ela não estivesse ali.

    Sabem o que descobri? Que sofro de uma outra espécie de Alzheimer precoce desde os dez ou onze anos. A diferença, é que para mim houve cura.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Ana! Mário sofria do "mal" da diferença. Amo-o por isto. Todos q temos algo diferente perante o senso comum, de alguma forma, somos colocados meio q para escanteio. Isto é ruim? Para mim nunca foi. Pelo contrário ... sempre foi motivo de orgulho e felicidade. Facilitou minha vida de liberdade e de escolhas. Vivas a Mário de Andrade.

      Excluir
  2. Eu creio que com a idade começamos a valorizar o essencial, dispensando subtilmente (ou sutilmente, como se escreve no Brasil) o supérfluo. Ter mais passado do que futuro é bom. Tiramos duas conclusões: vivemos o bastante e adquirimos experiência. Eu sinto a falta dessa experiência. Sou, ainda que não o pareça, bastante imaturo.

    abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada etapa no seu tempo meu caro. Por outro lado vc tem outras coisas para perceber de forma sutil.

      Excluir
  3. Nada como começar a semana com boas notícias, continue a recuperar bem viu.

    ResponderExcluir
  4. Amigo Paulo, bela escolha do texto, amo essa capacidade de podermos ser nós mesmos, não que a sociedade deixe, mas porque nos aceitamos e queremos o nosso lugar ao sol.
    A minha Vida,( gosto de escrever assim com "V" maiúsculo), já passou muito da metade pretendida, tenho meus maravilhosos 66 anos, com meus netos crescidos e adolescendo, acho que valeu não só por isso, mas por eu ainda estar muito de bem com a vida, com a minha Vida!
    Fiquei feliz de ler que estás bem e que se recupera da cirurgia, muito bom isso!
    O essencial é tudo, amo viver e aproveitar tudo, bem assim como disse com sabedoria o poeta Mario de Andrade, "roendo até os caroços das cerejas"!
    Amei ler por aqui, isso tudo é viver e muito bem!
    Abraços e tenhas cada dia melhoras significantes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viver plena e abundantemente ... só isto é o que a vida nos pede ...

      Excluir
  5. Basta o essencial resume meu FB. Oxalá, minha vida.
    Esse Mario e esse Bratz sabem de tudo!!

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Em meus projetos e a julgar pelas minhas contas [tendo como referência a minha idade] vc ainda está longe do meio ... rs

      Beijão querido

      Excluir
  7. Belo texto! Tantas passagens interessantes, "As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos" cada vez mais sinto isso mas a culpa também é minha, estamos sempre a aprender!

    Fico feliz por você estar a recuperar bem, a vida é uma constante luta, seja pelo amor, pela paz ou pela doença.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo. A vida é assim mesmo ... lutar lutar lutar ... por isto mesmo ela é boa ...

      Excluir
  8. Lindo texto. Boa notícia. Não sei o que se passa. Mas vejo que a alma está ótimo, e o bom gosto intocável. Tudo isso já garante belos tempos pela frente, com muito a se aproveitar! Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Marco. Uma luta q começou a 4 anos. Mas vamos bem nesta disputa.
      Enquanto isto, aproveitar plenamente tudo o q ela nos proporciona ...

      Excluir
  9. O essencial é ter amigos como tu, meu rei!!! Ando sumida nas jamais esqueço de ti...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz! Quanta saudade de vc querida Madi. Beijo grande para vc e toda a família.

      Excluir
  10. Tenho experienciado esse texto. Tenho mais passado que futuro... assustador, mas, libertador.
    beijo Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então Margot. Vc foi na mosca. É LIBERTADOR! Já não me assusta tanto. Mas cada vez mais me sinto LIVRE!

      Beijão

      Excluir
  11. Bratz é uma grande verdade: não nos devemos preocupar com o acessório... e andamos tantas vezes preocupados com isso que não vemos que de facto o que interessa é o essencial. Aquilo que nos "bota" um sorriso todos os dias na cara. Espero que essa recuperação esteja já nos 100%! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querido ... estou bem sim ... cada vez melhor ... e vamos que vamos ...

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin