segunda-feira, 9 de março de 2015

A Vida!




Se, em tudo o que você quer fazer, começar perguntando: “Tenho certeza de que desejo fazê-lo infinitas vezes?”, isso se tornará o centro de gravidade mais sólido para você … Eis o ensinamento de minha doutrina (*): “Viva de forma a ter de desejar reviver – é o dever -, pois, em todo caso, você reviverá! Aquele para quem o esforço é a alegria suprema, que se esforce! Aquele que ama antes de tudo o repouso, que repouse! Aquele que ama antes de tudo se submeter, obedecer e seguir, que obedeça! Mas que saiba para o que dirige sua preferência, e não recue diante de nenhum meio! É a eternidade que está em jogo!” Essa doutrina é suave para aqueles que nela não têm fé. Ela não tem nem inferno nem ameaças. Aquele que não tem fé não sentirá em si senão uma vida fugidia.

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

18 comentários:

  1. Bela reflexão,concordo!
    Boa semana Bratz ;)

    ResponderExcluir
  2. OMG, ainda estou matutando essas palavras...lembrei de Sêneca...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só palavras minha querida ... na verdade nem ando tão meditativo assim ... ando cansado de tanto meditar a vida toda ... rs

      Excluir
  3. rsrs preciso refletir mais um poquinho para dizer algo, mas percebi o que para mim é o mais importante de tudo, que é a FÉ, com ela faz todo o sentido estas tuas palavras... o amor, quero o amor, que se repita ad infinitum na minha vida...falo do amor que tenho por ti, os amigos, minha família, o próximo ser humano. Obrigado meu rei, meu amigo Bratz por me fazer pensar um pouco mais sobre nosso bem maior, a vida.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de reviver muita coisa... as baladas, as festas, a pegação... rrssrrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cada tempo podemos viver algo semelhante dentro de novas perspectivas me caro ...

      Excluir
  5. Ado, ado ado, cada qual no seu quadrado!
    Filosofia é isso aí, e eu concordo plenamente.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Bratz,bom dia,
    Nietszche já considerava que este mundo é a única parte da realidade e que não devemos rejeitá-lo ou nos afastarmos dele, mas viver nele com plenitude, por isso, a questão é que não importa se ela nos parece fugidia, devemos aproveitá-la, pois ela se esvai e o depois não sabemos... pois a eternidade pode ser um inferno..
    agradeço pela visita, belos dias, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho de sempre meu caro ... belos dias para vc tb ...

      Nietszche é o meu guru desde sempre ...

      Excluir
  7. Eu perdi minha fé no quesito fé... (rs) Acho que restou apenas o ceticismo racional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o ceticismo racional, de certa forma tb não é um tipo de fé? rs

      Excluir
  8. Vivi e reviveria tudo de novo, sem pestanejar. Afinal de qualquer
    forma reviveria, ainda que não quisesse. Foi tudo tão intenso, que
    nem em três encarnações seria possível esquecer.
    Oh vida boa, que importa se "chorei o se sofri o importante é que
    emoções eu senti"!

    Bjão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe coisa melhor q termos a experiência contínua de todas as emoções vivenciadas? Isto não tem preço ...

      Beijão

      Excluir
  9. Ganhei meu domingo.
    Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom meu caro Dominus ... uma boa reflexão sempre nos faz bem ao espírito e nos ajuda e viver melhor ...

      Beijão

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin