segunda-feira, 19 de maio de 2014

Censura!




Os objetos inanimados estão sempre em ordem e nós infelizmente não temos nada a censurar-lhes. Nunca vi uma poltrona trocar de pé ou uma cama erguer-se nas pernas traseiras. E as mesas, mesmo quando estão fatigadas, não se põem de joelhos. Suspeito que os objetos se comportam assim por razões pedagógicas: para nos censurarem constantemente pela nossa instabilidade.

Zbigniew Herbert . Escolhido Pelas Estrelas

ps: Aprendendo a lidar com a minha instabilidade com os objetos inanimados. Nada mais vai me abalar como nada abala a minha escrivaninha, o meu bloco de notas e a minha caneta.

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

38 comentários:

  1. Vi muitas cosias do meu quarto ai, e da minha vida, então hehehe! Belo texto, concordo com o FOXX, mas esse realmente foi um dos melhores (ultimamente acompanhar aqui tem me feito pensar muitas coisas).

    Abração amigo querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz q vc se identifique com estas reflexões Pequeno Príncipe ...

      Beijão

      Excluir
  2. Respostas
    1. Mas aí não é um objeto inanimado, pelo contrário, super animado ... aí eu acompanho o ritmo dele ... rs

      Beijão Edu ...

      Excluir
  3. Tá louco! Esse menino aí de cima só pensa em sequiço! (rs)

    ResponderExcluir
  4. Eu pensei justamente no vibrador,já ia te questionar, e aí li a tua maravilhosa resposta pro Eduardo e minha segunda-feira começou bem felizinha,ahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Haha ! Mas isso seria ótimo, ou não ? Afinal, eles são estáveis, mas totalmente sem emoção ... melhor ser um ser instável ... rs !
    Abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  6. E é um canetão poderoso esse teu... hehehe! E os vibradores são caso á parte, claro! Hahahaha! Boa semana, mestre! BjAAAs!

    ResponderExcluir
  7. e o hoje é valido para hoje, talvez amanhã mude... vai saber!

    dentrodabolh.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Prefiro objetos bem animados!!! rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Não sei onde li algo que dizia mais ou menos isso: ser estável é ser morto. Concordo plenamente! Acho que a instabilidade nos faz respirar, nos faz crescer. Desconfio que a vida seja instável. Concorda?
    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é instável com certeza, mas eu estou buscando é estabilidade para mim ... ando cansado de ser instável ... rs

      Excluir
  10. Que maravilha meu rei, pensamento interessante...lembro das minhas leituras de Jung, e numa delas ele analisava doentes mentais que precisavam internação - não é nosso caso rs, eu acho rs- então, ele percebeu que se deixasse os objetos pessoais com a pessoa, ela mantinha certa ordem, dentro de sua loucura ou surto, já os que não deixavam nada, o que deve ser aconselhado, pois podem se machucar, enfim, estes demoravam mais para os remédios fazerem efeito, ou aceitarem a situação, divagações de leituras feitas, meu rei...adorei o post. E sempre muito grato por tua presença na minha vida.
    ps. Todo meu carinho meu reseito e meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deixar a loucura e os surtos em ordem é fundamental querido ... já aprendi isto ...

      Excluir
  11. Bratz:

    Texto forte e necessário.

    Miss you baby,

    Beijos e apareça no Lua pra me dar um oiezinho.

    ResponderExcluir
  12. Caraca... muito legal, depois de tudo o que foi comentado acho que não tenho muito a dizer... só que eu gostava muito de encontrar um ponto de "instabilidade estável" kkk

    Texto muito bacana!! Grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Que pensamento inesperado.

    É preciso muita força pra ser inabalável.

    ResponderExcluir
  14. Eu costumava chamar uma tia do meu cunhado de Geladeira. Ela em festas ou reuniões familiares ficava sempre parada num canto, quieta, observando, como um refrigerador que as pessoas passavam e não se davam conta que ali estava. Só quando precisavam dela é que a acessavam. Muitas vezes para fazer cia a alguém ou cuidar de crianças. Essa senhora nunca se envolveu em polemicas, é a unica que tem contato saudável com todos, é boa e benevolente. Hoje vejo que ela é um exemplo de como se portar perante pessoas destrutivas e interesseiras comuns em todas as famílias. Hoje me porto mais como um criado mudo, uma banqueta, uma pilastra. É mais sábio só observar em alguns casos....abração Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu de há muito sou um criado mudo por aqui ... observo tudo e suspiro ... rs

      beijão querido

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin