terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Vão cuidar de suas vidas!!!




Seria a primeira coisa que algumas pessoas deveriam ler numa plaquinha, ao levantar da cama de manhã. Coisa de mesinha de cabeceira, sabe como é? No meio daquela tralha toda que a gente quer ter ao nosso lado, sobre um quadrado de 50 x 50 centímetros, como o copo-d’água, o controle remoto, o abajur, o terço, o santinho, o cristal, o despertador, a caneta, o bloquinho de notas, pilhas de livros, remédios, tudo que usamos mesmo estando dormindo. Num espaço pequeno, porém bem angulada, perto dos óculos, de preferência, a plaquinha estaria lá em letras garrafais, pirogravadas, reluzindo, atraindo como um imã a atenção do "despertante". Sonolento, ele leria a frase Vai cuidar da sua vida! Instantaneamente o desconfiômetro sofreria um colapso de neurônios e os olhos, além de enxergarem, emitiriam para a alma essa mensagem: Vai cuidar da sua vida! Negócio de neurociência, programação do cérebro. Ele levantaria tranquilo, assimilando aquele aprendizado e iria mesmo praticar a frase.
Fala sério! Tem gente que se sente dona do verbo "achar". Já reparou? Tudo ele acha! E a sua vida está lá, parada, esperando sentada por ele, tadinho, tão sem tempo, ocupado. Cuidando da vida alheia!
Não seria boa esta plaquinha? Vou dar umas destas para várias pessoas que conheço e que me cercam! 

Momento catarse vivenciado no sábado quando a baiana do Bratz girou lindamente! Para melhor entendimento dos amigos, isto tudo se refere a um grupo do qual o Bratz participava como voluntário. Participava eu disse! Como disse um amigo do Face, se o Bratz tivesse comido o rabo [deles e delas] nada disto teria acontecido. Mas como o meu pau não é lixeira me abstive e isto não foi perdoado! #prontofalei!

bjux pra todas minhas queridas mal amadas e carentes de ROOOLAAA!  me liguem!



Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Um sonho em Sampa!


E agora José! Mais um sonho acabou, mas fica a lembrança! Foi perfeito o Carnaval este ano para Bratz&Elian! Uma viagem e uma semana inesquecíveis. Tudo SUPIMPA! Só de poder estar em São Paulo já seria suficiente para o Bratz amar mas, desta vez, a companhia da marida contribuiu muito. Conhecemos locais que não conhecíamos ainda [tipo Museu do Futebol - mesmo odiando futebol, o espaço é super recomendado. Adorei mesmo. Ficamos por lá mais de duas horas]. Ótima gastronomia com destaque para a Cantina do Lellis na Bela Cintra e o Café El Khalili na Vila Mariana. Balada no Bailão com direito a carnaval à moda antiga. Barzinhos deliciosos na Vieira [Pop Soda e Prainha do Arouche]. Amigos e mais amigos [Edu, Mau, Wans, Melo, José Antônio, Cesinha (só no telefone pois o guri estava embarcando para Minnesota - muito chique ele ... rs)]. Cafés e vinho nas Padokas. Carnaval no Anhembi - este o ponto alto pois era um sonho do Bratz - com direito a arquibancada Vip, open bar, Mocidade Alegre na avenida, gente bonita, show dos Paralamas e a companhia adorável do Marcelo Soares. Querer mais o que? Pena que, como tudo o que é bom na vida acaba. Mas enfim, agora é planejar a viagem ao Rio de Janeiro em Abril para conhecer os amigos de lá! Bratz, como sempre, já super ansioso! Para ilustrar, deixo aqui 06 fotinhas e um vídeo que fizemos lá da passarela do samba.














ps: em breve uma grande notícia do Bratz!

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Como a Marida faz para dormir!




Cheguei de Sampa gente! Depois conto como foi. Hoje quero só relatar o papo de ontem com a Marida durante a viagem de volta:
Cenário: Poltronas 03A e 03B do vôo Gol - 1262 - São Paulo/Belo Horizonte.
Contexto: Comendo barrinha de cereais com guaraná e conversando com a Marida.
- Bratz: não tenho conseguido dormir, deito na cama e levo horas para dormir.
- Marida: eu durmo sempre que nem um anjo.
- Bratz: E como é que faz para dormir?
- Marida: Me masturbo ...
- Bratz: Bate uma punheta?
- Marida: Sim!
- Bratz: Sério?
- Marida: Sério!
- Bratz: E goza?
- Marida: Não ... Mas canso, e aí durmo que é uma beleza!

OMG!

ps: por conta da viagem, estou em débito com todos os amigos em seus blogs; Logo - logo coloco tudo em dia.

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Fornada de Pão de Queijo




Enquanto curto Sampa, deixo aqui uma lembrancinha mineira para distrair vocês:
O médico estava namorando a enfermeira e ela acabou engravidando.
Ele não querendo que sua mulher descobrisse, deu dinheiro à enfermeira, pediu que ela voltasse para sua cidade natal em Minas Gerais e tivesse o bebê por lá.
- Como vou avisá-lo quando o bebê nascer?
- Mande um postal e escreva "PÃO DE QUEIJO".
Eu cuidarei de todas as despesas da criança.
Alguns meses se passaram. Um dia, quando o médico chegou em casa, a esposa disse:
- Você recebeu um cartão postal de Mina Gerais e eu não consigo entender o significado da mensagem.
Ele leu o cartão e caiu no chão. Foi levado à emergência do hospital. 
O cardiologista perguntou à esposa: 
- Aconteceu algo que possa ter causado o ataque ? 
- Ele apenas leu este cartão postal: 
- "Cinco pães de queijo: 
-Três com linguiça e dois sem". 

Paulo Braccini 
enfim! é o que tem pra hoje...

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Meda da Marida!


O tempo passa e nem sempre damos conta disto. Desfrutando dos prazeres de Sampa com a Marida, tenho observado sintomas que configuram esta verdade sobre o tempo. Isto me trouxe um certo  pânico:
MEDA DA MARIDA!
Que amanhã, minhas premonições não se concretizem!






Nesta última a Marida e os seus três mosqueteiros: Cristiana, Ricarda e Anã Preta Cabeçuda

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Abertura, Membos, Gayxa, Cunete e outras amenidades!


Quem nasce bandida morre ordinária! 
Conclusão tirada após toda a gama de assédio sexual que Bratz vem sofrendo nos últimos dias ... não é mesmo Cara Comum, Lobinho e Raphael Martins?
O Cara Comum, já ao primeiro contato, já me questionava: "Você tem abertura (UI!) para membros (UIII!) externos?" (ALOKA!).
O Lobinho declarou no Face: "Bratz é minha adorável  #gayxamineira!" [MORRI!].
Raphael me presenteou com uma caixa de Lâminas Refrescantes devidamente acompanhada de um cartão onde dizia: "Ao amigo Bratz para incrementar os seus CUNETES. [GZUIZ toma conta!].
Ainda bem que o carnaval chegou e Bratz pôde fugir com a Marida e se refugiar em Sampa, onde conviverá alguns dias com pessoas mais puras e santificadas ... Edu, Wans & Melo, Cesinha, José Antônio e outras tão castas quanto. Definitivamente o mundo ainda tem jeito.




  Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

E lá vou eu!



Amanhã, eu e a Marida estaremos embarcando com destino a Sampa! 
Amigos, samba, suor, cerveja e sexo!
OMG! Bratz ainda tem fôlego?
Vai saber né?
É pagar para ver!
Até semana que vem com tudo de bom que venha acontecer por lá e muitas fotos ...
Beijão e um bom carnaval a todos.

 

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

O Baú do Rafael


Abro este espaço para agradecer e compartilhar com os amigos de BlogsVille um depoimento surpreendente e inesperado que recebi do amigo Rafael Leoni do Blog Baú do Jamal.
Tomado pela surpresa nem consegui dizer a ele tudo o que senti no momento. Comecei a lê-lo, como faço sempre com seus escritos que muito me agradam e, derrepente, me apercebo do verdadeiro conteúdo do texto. Querido Fael, você é um fofo por demais. Uma pessoa jovial, séria, centrada, bem à moda "antiga" [antiga aqui não significa velha, mas talvez um pouco "fora de moda" para uma grande maioria de pessoas]. Com certeza  o Bratz também é um ser um tanto quanto "fora de moda", talvez por isto esta identidade tão aguda que se estabeleceu entre nós a ponto de nos considerarmos amigos desde os tempos do jardim de infância. Também me sinto como ele aqui em BlogsVille. Consegui encontrar pessoas "fora de moda" [um leque que abrange gente de todos os recantos deste Brasil e que se mesclam numa escala diversificada de idades]. 
É isto meus amigos; a internet tem este poder: 
- fazer amigos verdadeiros que, mesmo nas diferenças conseguem convergir nas semelhanças.

Para quem não viu deixo aqui o link.


Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

O Baú do Rafael


Abro este espaço para agradecer e compartilhar com os amigos de BlogsVille um depoimento surpreendente e inesperado que recebi do amigo Rafael Leoni do Blog Baú do Jamal.
Tomado pela surpresa nem consegui dizer a ele tudo o que senti no momento. Comecei a lê-lo, como faço sempre com seus escritos que muito me agradam e, derrepente, me apercebo do verdadeiro conteúdo do texto. Querido Fael, você é um fofo por demais. Uma pessoa jovial, séria, centrada, bem à moda "antiga" [antiga aqui não significa velha, mas talvez um pouco "fora de moda" para uma grande maioria de pessoas]. Com certeza  o Bratz também é um ser um tanto quanto "fora de moda", talvez por isto esta identidade tão aguda que se estabeleceu entre nós a ponto de nos considerarmos amigos desde os tempos do jardim de infância. Também me sinto como ele aqui em BlogsVille. Consegui encontrar pessoas "fora de moda" [um leque que abrange gente de todos os recantos deste Brasil e que se mesclam numa escala diversificada de idades]. 
É isto meus amigos; a internet tem este poder: 
- fazer amigos verdadeiros que, mesmo nas diferenças conseguem convergir nas semelhanças.

Para quem não viu deixo aqui o link.


Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

Meu Reino não é deste mundo!


"Vivo cercado de padres e sacerdotes que dizem que seu reino não é deste mundo, no entanto agarram tudo que podem."

Napoleão Bonaparte


Nos dias de hoje, com o leque cada vez maior, isto está valendo para todos os tipos de credos e religiões onde seus ministros se arvoram de donos da verdade e portadores da salvação eterna. 

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

Meu Reino não é deste mundo!


"Vivo cercado de padres e sacerdotes que dizem que seu reino não é deste mundo, no entanto agarram tudo que podem."

Napoleão Bonaparte


Nos dias de hoje, com o leque cada vez maior, isto está valendo para todos os tipos de credos e religiões onde seus ministros se arvoram de donos da verdade e portadores da salvação eterna. 

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Devendra Banhart




Ele é um dos artistas mais populares do movimento New Weird America, cuja tradução seria algo como "Movimento da Nova América Esquisita". 
O músico é usualmente comparado com diversos artistas como Marc Bolan, Daniel Johnston, Billie Holiday, Syd Barrett, Nick Drake, John Fahey, e Tiny Tim. Sua musicalidade tende a arranjos simples de violão, com melodias que requerem pouco além deste instrumento, indicando suas raízes folk. As letras consistem em ideias surreais e naturalistas. 
O próprio músico assume que, entre as suas maiores influências, estão Bob Dylan, Caetano Veloso, Secos e Molhados e Novos Baianos. A suavidade melódica e o timbre vocal de Banhart remetem frequentemente a estes músicos. 
No início de 2006 fez uma participação especial no show que marcou a volta dos Mutantes, no Barbican Teathre em Londres, e com um carisma esfuziante, cantou Batmacumba com Sérgio Dias, Arnaldo Baptista e companhia. Também fez um comentário, no qual dizia: "Os Mutantes são melhores que os Beatles... são uma banda muito mais criativa" [fonte: wikipedia]

Loucura total. Confiram!


video

Ele também narrou um vídeo que conta a trajetória dos Mutantes. Confiram!

 

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

3ª Via


Sempre no mesmo horário o Homem da lanchonete arrumava sua estúpida gravata borboleta azul marinho. Às três e meia, lá estava eu comendo minha salada com presunto e tinha que suportar aquela cena grotesca: homem, gravata, borboleta e moscas.
Na manhã de quinta feira nem acreditei quando ouvi no rádio que o Homem da gravata borboleta havia passado dessa para o lugar que ele merece. Dois tiros na boca. O infeliz morreu tão estúpido quanto um coração enfartado na ambição do mundo ser dono.
A lanchonete ficou fechada três dias, dizem, por luto. Sofri muito com isso, mesmo com aquele idiota e sua gravata borboleta, gostava da comida daquela porcaria. Quando abriu, lá estava a mesma cena grotesca, o filho do safado também usava gravata borboleta.
Era um homem baixinho, gordinho, usava óculos escuros. Pulei no balcão e arranquei sua gravata. Fui preso. Na cadeia, todos os presos usavam gravatas borboletas, todos eram gravatas borboletas.
Um mês depois, ao voltar para casa, a tragédia: minha mulher na cama com o taxista José. Tragédia porque o infeliz usava gravata borboleta. Era a vingança das gravatas borboletas contra mim.
No Estádio Gato Preto até os jogadores do Ideal F.C. usavam gravatas borboletas.
Na Lapa, cobrador e motorista, todos com gravatas borboletas. Entrei na lanchonete perto do sebo Subaé, pedi um suco de maracujá e vi a cena mais comovente de todas, a única alegria dos últimos tempos: o garçom usava, não uma gravata borboleta, mas um laço de fita amarela no pulso.

Ediney Santana

Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Velha e Louca



Assim está o Bratz! Quem não gostar que "PHODA-SE!"

Pode falar que eu não ligo,
Agora, amigo,
Eu tô em outra,
Eu tô ficando velha,
Eu tô ficando louca.

Pode avisar qu'eu não vou,
Oh oh oh...
Eu tô na estrada,
Eu nunca sei da hora,
Eu nunca sei de nada.

Nem vem tirar
Meu riso frouxo com algum conselho
Que hoje eu passei batom vermelho,
Eu tenho tido a alegria como dom
Em cada canto eu vejo o lado bom.

Pode falar qu'eu nem ligo,
Agora eu sigo
O meu nariz,
Respiro fundo e canto
Mesmo que um tanto rouca.

Pode falar, não importa
O que eu tenho de torta,
Eu tenho de feliz,
Eu vou cambaleando
De perna bamba e solta.

Nem vem tirar
Meu riso frouxo com algum conselho
Que hoje eu passei batom vermelho,
Eu tenho tido a alegria como dom
Em cada canto eu vejo o lado bom.

Nem vem tirar
Meu riso frouxo com algum conselho
Que hoje eu passei batom vermelho,
Eu tenho tido a alegria como dom

Em cada canto eu vejo o lado bom .

.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin