sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Nada como a simplicidade!



Quando eu tinha 16 anos tive um namorado, mas não tinha paixão. Então percebi que precisava de um cara apaixonado, com vontade de viver.
Na faculdade saí com um rapaz apaixonado, mas era emocional demais. Tudo era terrível, era o rei dos problemas, chorava o tempo todo e ameaçava suicidar-se. Então percebi que precisava um cara estável.
Quando tinha 25 encontrei um bem estável, mas chato. Era totalmente previsível e nada o excitava. A vida tornou-se tão monótona, que decidi que precisava de um mais excitante.
Aos 28 encontrei um excitante, mas não consegui acompanhá-lo. Ele ia de um lado para o outro sem se deter em lugar nenhum. Fazia coisas impetuosas, que me fez sentir tão miserável como feliz. No começo foi divertido e eletrizante, mas sem futuro. Então decidi buscar um cara com alguma ambição.
Quando cheguei aos 35, encontrei um inteligente, ambicioso e com os pés no chão. Decidi casar-me com ele. Era tão ambicioso que gastou tudo o que eu tinha e me largou.
Hoje, com mais de 60 anos, gosto de homens com bunda ou pau grande. E só.

Nada como a simplicidade!!!

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje ...

34 comentários:

  1. Como ela é oferecida! kkkkkk.

    Beijos, Chacrete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk ... oferecida e dada ... meu nome é Rita Cadilac ... OMG!

      Excluir
  2. Bem que dizem que com o passar do tempo vamos ficando cada vez mais despudorados, né! (kkkkkk)

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. despudorados not ... conscientes, críticos, objetivos e simples ... vc ainda chega lá ... assim espero ... rs

      Excluir
  3. Então, eu, com o passar do tempo, ando me dedicando ao tricô e crochê... e à culinária, obviamente! (rsrsrs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. super te entendo Lucas! tricôt e crochê mexendo com as agulhas né? e a CUlinária? sempre na Cuzinha ... kkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. São as vantagens da idade... a simplicidade conquista... e só queremos o essencial..rrsrs
    Beijos Bom fds

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Assim vc me mataaaaa...é muitaaaa sinceridade, pessoa...hahahaha.

    Beijooooooos procês.

    Lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. Já dizia a vovó: menos é mais. Hahahaha! Simplicidade me encanta. Bjonas!

    ResponderExcluir
  7. A idade nos faz idôneos e inteligentes, aí as coisas começam a simplificar. Risadas.
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. E ainda se lembra??

    ( Chaves Mode on )

    kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. querido, eu sou Bratz e não Elian, e nem Raphael daqui uns poucos anos ... claro q lembro ... rs

      Excluir
  9. sua vida amorosa e bem mais agitada que a minha.. que isso hein..

    ResponderExcluir
  10. Rs, e quem não passou pela fase dos "TEM QUE TER". Aliás, TEM QUE TER BUNDÃO E PAUZÃO - neh. Típico... rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu estou nesta fase agora e esta vai até o fim mas é aquela coisa, sou simplesinho ou uma coisa ou outra e tudo bem ... rs

      Excluir
  11. Então ne.... vida complicada viu! :*

    ResponderExcluir
  12. HAHAHAHA, ai Deus! Eu sou grato à vida por ter me ensinado isso aos 33 anos. :P

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    As vezes é bom ser que nem os mendigos: comer só o que te dão e nada mais rsrs

    Bjs, querido! Sempre simples e inteligente...

    ResponderExcluir
  14. ehehehehehe
    adorei sua simplicidade, mais que isso por que né
    ehehehehe

    ResponderExcluir
  15. É, faz sentido. Acho que se eu começar com essa filosofia desde os 18, eu vou ter mais proveito do que ficar esperando o príncipe...

    mas pode ser um príncipe com um pau e uma bunda grande, não pode?

    ResponderExcluir
  16. Querido, meu querido Bratz, o que acabo de ler é algo simplesmente genial, digo, filosoficamente profundo como a garganta mprofunda rs, um histórico perfeito, pra eu aprender rs, uma vida dignamente maravilhosa...muito doido querido Bratz, ao mesmo tempo que percebo uma lucidez, tem uma leveza, uma forma de como prosseguir, apesar, apesar, apesar, viver uma vida buscando o natural, e não a idealisação, como demonstras neste post, onde normalmente se peca...mas de qualquer forma uma vida admirável.
    ps. Meu carinho meu respeito meu abraço.
    ps. o 'gran finale'(não sei se é assim que se escreve,mas...) é perfeito rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querido e q vc aprenda antes da idade q eu levei para aprender ... rs

      Excluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin