quinta-feira, 10 de maio de 2012

Rio de Janeiro - Derrubando Mitos!


Por muitos anos o Rio de Janeiro ocupou um espaço mítico em minha vida. Precisamente dos 22 aos 27/28 anos. Meu destino frequente, era a Cidade Maravilhosa, perfeita, linda, mas tinha um senão: "os cariocas" [rs]. Amava tudo aquilo mas não gostava dos cariocas com seu ar marrento e arrogante [metido a besta mesmo]. 
Depois conheci São Paulo e o encantamento foi total. Enfim eu tinha encontrado a cidade dos sonhos do Bratz. Perfeita em tudo. Desde então e, aliado à onda de violência no Rio [propalada de forma agressiva pela mídia] afastei do Rio física e emocionalmente. 
Estive duas ou três vezes rapidamente por lá, mas sempre a trabalho e não pude curtir a cidade de forma a constatar algo que me motivasse outra vez a amá-la. 
O tempo foi passando e um medo neurótico e inexplicável em se tratando de Bratz [sempre amante dos desafios] foi se apossando de mim e levando a postergar uma nova investida por aquelas bandas. 
Mas este dia chegou: 03/05/2012. 
Desde o primeiro contato com o Rio, ainda do alto quando o avião sobrevoava alguns de seus pontos referenciais, uma nova sensação e um novo sentimento  foi se alicerçando em mim. 
O Rio de hoje não se mostrou mais com aquela aura mítica dos anos 70. Uma cidade muito bonita sim, mas desmistificada. Uma cidade como outras tantas. O carioca! Que surpresa agradabilíssima! Um povo simpático, simples, comunicativo, atencioso, tranquilo, bonito, sem o ar marrento dos anos 70. Um povo que caminha pela rua com naturalidade e um semblante de paz, o que me proporcionou, de imediato, uma sensação de segurança. 
Curiosidades, fatos e destaques que me chamaram a atenção: O carioca não fuma [#fato]. Como é difícil ver um fumante nas ruas. O Rio tem mais táxi que carro [rs] ... a gente só vê carro amarelo e azul. O centro histórico é lindo ... destaque para as áreas revitalizadas como Santa Tereza com seus casarões, restaurantes e a Lapa com sua moçada fervendo em barzinhos super legais. 
Quanto à zona sul foi meio que decepcionante, perdeu muito de sua exuberância, exceto a região do Leblon nas imediações da Lagoa Rodrigo de Freitas. Dentre as decepções maiores está Ipanema. Mas que fique claro, esta é uma percepção pessoal e tomada em comparativo com o Rio dos anos 70 em todo o seu apogeu e glamour. 
A vida gay no Rio tem suas particularidades que a difere de outras cidades como São Paulo e Belo Horizonte. Lá, os gays, em sua grande maioria, não arvoram-se com tal. Se você não estiver com o "gaydar" ligado não vai ser muito fácil perceber quem está de seu lado. Demonstração pública de afeto nem pensar. Inteiramente o oposto do que ocorre com a mais absoluta naturalidade em São Paulo e Belo Horizonte. Já as meninas lésbicas, também ao contrário das paulistanas e belo-horizontinas, já são mais ostensivas tanto em sua expressão quanto ao comportamento em público. Não se escondem tanto quanto os gays. Claro que tudo isto tem fator cultural envolvido e não vai aqui nenhum juízo de valor ou crítica. Apenas uma percepção minha. 
Para finalizar, já que a postagem começou a se estender demais, não poderia deixar de registrar o carinho, a atenção e a disponibilidade dos amigos blogueiros que ali residem e que tivemos a magnífica oportunidade de conhecer. Raphael Martins, Juan Hefestion, Daniel Braga, Julio Vanelis, Átilas Melo, Gabriel Bruno e Junnior Nery [pela ordem de chegada - rs]. 
Pessoas finíssimas, agradáveis, bom astral, alegres e comunicativas, que ajudaram esta viagem de Bratz & Elian ficar registrada em nossas memórias como inesquecível. 





Derrubados todos os mitos que povoavam a mente do Bratz, com certeza, muito em breve, estarei repetindo a dose e programando uma nova estada na Cidade Maravilhosa que continua linda ... bem melhor que o Rio dos anos 70, pois está mais real e mais humana.

Bratz Elian
enfim! é o que tem pra hoje...

62 comentários:

  1. pois é, sua percepção do rio é a mesma minha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gente o Foxx concordou com algo! kkkkk ... brincadeira ... viu!

      Excluir
  2. Pois é, Bratz... Vc definiu bem. Esse pe o Rio de Janeiro que eu vejo. E olha que eu sou daqui! xD
    A questão da violência é fato, mas não é nem 10% do que divulgam na mídia. É sim possível passear tranquilamente pelas ruas do Rio sem ser assaltado ou levar bala perdida.
    E um ponto que vc tocou eu achei interessante: os gays são mesmo bem escondidos. Eu mesmo senti muita dificuldade no início para encontrar pessoas para me relacionar, simplesmente pq não conseguia identificar os gays. Hoje o que eu busco é simplesmente quebrar esse tabu das expressões de afeto em público... mas olha, amigo, é difíiiciu!
    Já falei que essa foto ficou otima? xD

    Um abraço, moço... e volem mais vezes!
    ps: AMEEI conhecer o casal! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adorei conhecê-lo Júlio e o convite para vir a BH está de pé ... esperando viu?

      Excluir
  3. Oi ... Tenho uma visão bem próxima a sua mas continuo fascinado pelo Rio. Sempre que posso ir parece que descubro alguma coisa que me fascina mais. Pode ser que isso ocorra pelo fato de eu morar em uma cidade como Curitiba, fria e impessoal. Abraços !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amigo ... o Rio tem seus encantos e para mim passou a ter encantos reais e não míticos ...

      Excluir
  4. Gostei do post antropológico.

    ResponderExcluir
  5. Só estive no RJ por 17 horas, antes de conhecer esse povo blogueiro, e já adorei! Imagino então como deve ter sido supimpa. 'bora montar uma caravana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria uma ótima mesmo Edu ... eu topo! Bora organizar?

      Excluir
    2. Eu me encaixo (ui) na caravana do Etzu... coisa linda! (rsrsrs)

      Deve ter sido ótimo, né meu amigo? Deve ter sido uma viagem muito interessante!

      Beijão.

      Excluir
    3. Lucas vc sempre será encaixado [ui] ... Como eu sei q ninguém vai se aventurar a organizar uma, qdo eu for eu aviso em BlogsVille com antecedência e vamos ver qtos se animam e vão mesmo na caravana beeee para o Rio ... rs

      Eu como madrinha vou de chapéu panamá creme e meu tubinho rosa básico e, claro, levo a lancheira ... rs

      Excluir
  6. também tenho essa mesma percepção com relação a vida gay no rio.
    eles vendem uma ideia de povo cabeça aberta mas no fundo são bem provincianos, vivem escondidos... de qualquer forma sempre vale a pena ir ao Rio

    beijos meu querido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bora Serginho compor uma caravana de blogueiros para ir ao RJ ...

      Excluir
  7. E um viva as mudanças... uaí!!

    Aiêmi tumêm lóvi u RIO.... rss

    Abraços amigo Bratz
    Tatto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi fascinante perceber o Rio da forma q percebi! Amei e agora digo q gosto muito de lá ...

      Excluir
  8. Oh, invejeira que eu tenho! Eu praticamente não conheço o Rio... e esse povo das fotos, que delícia, heim! Aproveitando o ensejo... quem é aquele “gato” de camisa xadrez do seu lado direito na primeira foto, heim? (kkkkkkk)

    Beijão, meu lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, uma curiosidade quase pueril da minha parte... esse mundo é muito cheio de maldade, affe (kkkkkk)

      Excluir
    2. Tava pensando em vc, Cesinha, quando tiramos essa foto. Por isso me saí bem nela (KKKKK)>

      Excluir
  9. E eu achando q todos iam cair de pau [ui] no Bratz por conta deste post ... rs

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. vamos organizar uma caravana ... já somos 03 ... eu, vc e Edu ... ôbaaaaa!!!

      Excluir
  11. Sou suspeito de falar do RJ: carioca da gema!

    Mas só não fiz uma recepção melhor por não estar 100%. E se dependesse das "passivas", ninguém veria o Bratz. Todo mundo com receio de marcar algo, com o pé atrás. Tratei de acalmá-las: avisei que o Bratz não morde. Não no primeiro encontro! kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc é perspicaz ... não no primeiro encontro e ainda mais acompanhado da marida ... kkkkkkkkkkkk

      Excluir
  12. Quando for no Brasil tenho de ir visitar o Rio! ^^
    Parece ser muito legal! ^^

    Abraço :3

    ResponderExcluir
  13. Mesmo não te encontrando dessa vez, fiquei muito feliz que gostaste dessa minha cidade que adoro" AMO a Lapa e Santa Teresa!

    ResponderExcluir
  14. Adorei o post... Conheci o Rio com 12 anos, época de Reveillon, è a primeira vez que me lembro de poder Beber, lembro ter ficado bem alegrinho... Fui com minha querida avó, e ela liberou geral... Me lembro ainda de ser muito mais muito zuado pelo meu sotaque.. Hahaha

    E eu topo um encontro no Rio!

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda discordo da questão do cigarro, mas que seja hahaha

    Adorei que você adorou estar por essas bandas de novo, e adorei conhecer você e o Elian, suas figuras! Voltem sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza Lobo ... voltarei ... e estou esperando sua ilustre presença por aqui ... provavelmente vc não vai curtir muito BH mas tem coisas boas por perto para vc conhecer e acho q gostará ... tipo circuito histórico de MG ...

      bjão

      Excluir
  16. Querido amigo, que bom que o passeio foi bom, fico feliz por vocês. Beijocas

    ResponderExcluir
  17. Então o Rio ficou mais lindo néh Bratz.... Beleza. Essa caravana muito me interessa...rsrrsr.
    Abraço Paulo

    ResponderExcluir
  18. Bratz talvez por morar aqui eu não enxergue algumas coisas como você. Principalmente o cigarro, acho que aqui fumam demais. Já quanto ao táxi concordo plenamente. Foi muito bom te-los aqui. Um grande abraço e muito obrigado pelos conselhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina queridão ... apenas observações de um velho vivido ... bjão e sejam muito felizes ...

      Excluir
  19. To articulando uma possível ida ao Rio + 20. Se rolar, vou poder partilhar melhor uma opinião sobre essa terra.

    No entanto, já conheci alguns cariocas, e sempre gosto quando conheço.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  20. Pena que eu estava viajando, seria ótimo te encontrar. Fico feliz por ver que vc falou bem do meu bairro. rsrs bjs

    ResponderExcluir
  21. Paulo tem mesmo todo jeitão de ser de Sampa. Logicamente da Sampa decente (decente entende-se: O bom, velho e sujo underground Paulistano) e não da que passa nas novelas da plim plim. E achei interessante que você tocou num ponto que eu já tinha notado, realmente a galera gay do RJ é mais discreta. Já aqui na Pauliceia desvairada... Bom, Mr Bratz sabe como é, hahahahahhahaha...

    Não conheci o RJ dos anos 70 por motivos óbvios, hahahahaha, mas das primeiras vezes que fui tive essa impressão em alguns lugares. Uma galera marrenta, arrogante, todos bons em tudo, todos sabichões e etc, só que com o tempo e indo para os lugares decentes da Cidade Maravilhosa (que fica bem longe do RJ mostrado na plim plim) e conhecendo uma galera que tinha mais a ver comigo, percebi que foi mesmo só uma impressão. Hoje vejo a grande maioria como você disse: Com um semblante leve, descontraído e de paz.

    Que bom que aproveitou a viagem, cara e principalmente, evoluiu nessa questão aí com o RJ,

    Abraço!

    ResponderExcluir
  22. Eu curti muito o nosso encontro. Ficou com gosto de quero mais.
    Quanto a vc, creio q esse passeio serviu pra apagar um antigo e negativo sentimento do Rio.
    Bjaum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza com gosto de quero muito mais ... e já já estarei voltando ...

      bjão

      Excluir
  23. Sabe que quando criança morrei no Rio, mais jovem prestei o vestibular da ilha do fundão ... mas hoje em dia Rio de Janeiro só por cima de avião com medo do avião ser atingido por uma bala perdida ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu alimentei esta paranoia por muito tempo ... felizmente, hoje, uma a menos ...

      Excluir
  24. Bratz:

    Como bom carioca que sou, sou megasuspeito pra falar do Rio...amooooo com todas as minhas forças. Obs: Me incruí nesta excursione da tchurma hein...hahahaha.
    Obs: Quero vê-lo este ano sem falta hein Sr.Bratzqueridon.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caraca o Edilson é carioca? Nunca imaginei isto ... rs ... mas enfim ... já passamos do tempo de nos encontrarmos né? Este ano tem q ser ... em breve estarei em Sampa e aviso com antecedência e qdo for ao Rio anuncio tb para ver se a caravana rola ...

      bjão

      Excluir
  25. Caraca!!!!!Bacana seu relato, até fiquei curioso em voltar ao Rio, pois fui na década de 90, e não achei tudo tão maravilhoso... que bom que tu sentiu segurança.
    Achei interessantíssimo sua comparação quando aos comportamentos dos cariocas, pois esse fatores culturais são bacanas...
    Que encontro de grandes nomes... Pelas fotos foi um agito total...
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Ro foi bom pacas ... adorável mesmo ... volta la sim, pois vc vai ter a mesma percepção q eu tive ... Rio é Supimpa!

      bjão

      Excluir
  26. E as praias??
    To pasmo de ver essa galera aí reunida, poxa!!! Que inveja!

    ResponderExcluir
  27. Querido, eu amo água mas não curto praia ... digo, não curto para ficar ali no sol, queimando, melando. etc etc etc ... gosto de praia ao entardecer, caminhar na areia, molhar os pés, sentir a brisa, o cheiro e o barulho do mar ... é algo inebriante ...
    As praias cariocas são praias urbanas então tem aquela coisa né? mas são bonitas sim ... não as mais bonitas q já vi ... mas são bonitas ...

    bjão

    ResponderExcluir
  28. Tb esperei para ver fotos na praia, sereio.

    Como a sra é abusada,né, Bratzlene! Sentou do lado do Ju. kkkkk.

    Beijos.

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin