sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Falar é preciso



A realidade é coisa delicada, de se pegar com as pontas dos dedos.
Um gesto mais brutal, e pronto: o nada.
A qualquer hora pode advir o fim.
O mais terrível de todos os medos.
Mas, felizmente, não é bem assim.
Há uma saída – falar, falar muito.
São as palavras que suportam o mundo, não os ombros. Sem o “porquê”, o sim”, todos os ombros afundavam juntos.
Basta uma boca aberta (ou um rabisco num papel) para salvar o universo.
Portanto, meus amigos, eu insisto: falem sem parar. Mesmo sem assunto.

Paulo Henriques Britto, do livro Macau


Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

20 comentários:

  1. eu não sei mas achei que este texto é dedicado a todos os blogueiros do mundo, afinal a gente fala e fala muito!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Por isso não me calo, penso que a cada palavra guardada dentro de mim, mais eu me machuco, então solto o verbo.

    Beijos meu querido Paulo.
    Tenha uma deliciosa sexta-feira.

    ResponderExcluir
  3. Depois que vc conhecer minha sobrinha mais nova,vc mudará de ideia.kkkkkkk.Faustao perde feio dela.
    Beijos,querido.

    ResponderExcluir
  4. "São as palavras que suportam o mundo, não os ombros."

    Amei, amei, amei!!! Citei no Twitter com o link do teu blog.

    Um beijo, querido.

    ResponderExcluir
  5. falar sempre é bom.. desde que não sejam asneiras ehehheeh
    bjooo bom final de semana :)

    ResponderExcluir
  6. Concordo com o Wanderley...
    Falar é uma arte...
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olha só: eu já sou uma matraca e vem o povo incentivando.. ai não dá.. quer dizer, pode dar sim!! hehehe

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  8. Quem tem boca vai à Roma. Aloka!

    ResponderExcluir
  9. Aí eu lembro de Clarice dizendo que o papel do escritor é o de falar o menos possível. rs
    Bjus e bom sábado!

    ResponderExcluir
  10. Externar o que lhe apetece ou entristece a alma é o segredo pra uma vida longa e feliz.
    Lindo fim de semana querido e saudades de vê-lo no Lua.
    Obs: Ando ausente em função do Enem, mas tô voltando aos pouquinhos a visitar os amigos.

    ResponderExcluir
  11. São as palavras que sustentam o mundo...E como são! Somos acostumados a acreditar em tudo o que lemos, ouvimos...

    ResponderExcluir
  12. Penso que, talvez, mais do as palavras, são as acções que carregam o Mundo.

    E, "o Mundo nos ombros", é apenas uma metáfora poética.

    ResponderExcluir
  13. Nossa...eu sou bem assim...falo sem parar.


    abraços

    ResponderExcluir
  14. Eu sou do time que prefere ficar calado. Afinal, nem todas as palavras precisam ser ditas. Se o mundo for acabar por conta disso, então que acabe :p

    Beijo Paulo!

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin