sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Desconstrução





Não me deixe viver
o que posso,
que me seja permitido
desaprender os  limites


Fabrício Carpinejar


Paulo Braccini
enfim! é o que tem pra hoje...

33 comentários:

  1. que história é essa de outubro????

    bjo

    ResponderExcluir
  2. Estava hj mesmo pensando nos meus limites, naqueles que desaprendi e que preciso,desesperadamente encontrar...o avesso do avesso.

    Bjs meus !

    ResponderExcluir
  3. Desaprender os limites. Gostei!
    Poxa, logo agora que aprendi a duras penas conviver com eles?
    Saudade do carinho das tuas letras.

    ResponderExcluir
  4. Oi meu querido, os limites muitas vezes nos atrapalham a seguir em frente, a ir de encontro aos nossos mais loucos anseios.
    Quero desaprender um pouco desses limites, arriscar mais.

    Beijos de uma deliciosa noite.

    ResponderExcluir
  5. Merece uma reflexão.

    Parabéns!!

    abraço

    ResponderExcluir
  6. mas a vida tb é isso, aceitar os limites impostos.

    Bom dia comadre!

    ResponderExcluir
  7. Somos nós que determinamos os nossos limites.
    Bjux

    ResponderExcluir
  8. E assim, praticamente começamos o fim de semana.

    bjs

    ResponderExcluir
  9. Nem sempre se vive o que se quer mais o que se pode, isso não é ruim se você aproveitar bem. Limites existem e é bom eles estejam por aí, se não as coisas saem dos eixos. Meu limite termina onde começa o limite do outro, (pelo menos eu acho né, apesar de não fazer muito sentido).

    ResponderExcluir
  10. "Me deixa, eu não estou de bobeira, bobeira". (O Rappa)

    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Adoro romper limites. Mas estou precisando deseperadamente deles.

    ResponderExcluir
  12. Esqueça. Viva o que quiser, o que vier...
    bj

    ResponderExcluir
  13. Quebrar limites num é isso?!
    Reflito!
    Abraçooo!

    ResponderExcluir
  14. opa e que assim seja
    perdi muitos posts querido
    vou la comentar.

    beijãaaaao

    ResponderExcluir
  15. Simples e direto.E a imagem aí é ótima.
    Abração querido.
    Hoje não sei o que me aconteceu mas...emoções a flor da pele.

    ResponderExcluir
  16. Querido amigo, as vezes é bom quebrar as regras e desaprender..Tenha um lindo final de semana..Beijocas

    ResponderExcluir
  17. Acho que desconstruir é mais difícil do que construir... afinal... o que fazemos com os entulhos da "desconstrução"???

    bjs

    ResponderExcluir
  18. Se não aceitamos alguns limites, tornamos irracional nossos planos.
    Peço a nós Sabedoria, essa mesmo, com S maíusculo, pra que nos dê entendimento.

    Beijao!

    ResponderExcluir
  19. Amém mil vezes.(Adoro Carpinejar).

    Limites? regras, setas, códigos?

    To é fora disso.

    Cada um sabe o seu limite, e o que se permite a própria felicidade!

    Paulinho, beijo meu querido!

    Curta o fim de semana!!!

    ResponderExcluir
  20. Confesso que sinto um certo receio com o novo...Com o medo de ousar,e de as vezes de me impor...E essa postagem foi suscinta "Rápida e Objetiva",o que as vezes me falta...E ela veio a calhar em um momento extremamente propício...É hora de soltar as amarras e deixar as coisas fluirem...Dar a cara pra bater...Limite-se á não ser limitado...E viva!!!
    (PS:Desculpa querido Paulo Braccini,em utilizar seu blog como divã...rsrsrs...Mais com esse seu post trabalhei um pouco minha psique)...Beijos!!!
    Dante.

    ResponderExcluir
  21. Ai, no momento não to afim de "descontrução". To tão quebrado que to custando juntar os cacos...

    PS> ah, nem me importo com o sotaque, sabe. Afinal, devo falar parecido. Hehehe. Prestando, vem que tem!

    ResponderExcluir
  22. poucas e ótimas palavras do fabrício.

    ResponderExcluir
  23. isso mesmo! e que eu também desaprenda hehehe, porque, tipo, ah tah bom vai, eu ando sem alguns limites, mas ok... enfim... O.O rsrs bjuuu!

    ResponderExcluir
  24. Depois que se apende, fica difícil ser ilimitado! e reconstruir é quase impossível.
    Abraço

    ResponderExcluir
  25. É isso aí, grande Carpinejar!
    Abraço

    ResponderExcluir
  26. Eu ia dizer amém, mas alguém já disse. Pode ser em coro?
    Belo espaço!
    Abração

    ResponderExcluir
  27. Limite? Eu nem conheço essa palavra

    AUISHAUISHAUS

    e adorei a foto do gigante
    bom fds

    ResponderExcluir
  28. Meu querido, vim te convidar em primeira mão, olha só que chique...rsrs, para você conhecer o novo blog que "inaugurei" hoje.
    Sei lá no que vai dar (dar, palavra gostosa né não? :)) mas é uma tentativa de mostrar mais um cadinho do que gosto.
    O endereço é:
    http://majoli-musicas.blogspot.com/

    Te aguardo lá, tá bom?
    Beijos de uma deliciosa noite.
    Te adoro.

    ResponderExcluir
  29. bjux desconstruídos mas super quentes a todos ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  30. unuiatú como dizem os obaoaras, quer dizer: se tem asas...

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin