quarta-feira, 21 de julho de 2010

Soma de dois deve continuar sendo dois!


Sempre estão a me perguntar como se mantém uma união afetiva por 35 anos, e eu sempre tenho a minha visão sobre esta possibilidade, alicerçada em uma experiência de vida a dois com o Wander. Hoje, visitando os amigos Blogueiros, cheguei ao Ediney do Blog Non, je ne regrette rien. Ele, em sua postagem “A soma de dois deve continuar sendo dois” me deixou encantado com a lucidez, objetividade e clareza com que ele define a real e verdadeira possibilidade de um relacionamento. Sugiro a todos os amigos que façam uma visita a este grande pensador que, com simplicidade absoluta, equaciona em palavras, uma questão tão difícil e complexa para tantas pessoas [clique aqui].      

“Viver junto não é ser cem por cento o outro é não desejar ser o outro, não desejar estar dentro dos pensamentos do outro e principalmente não viver para o outro como se a própria vida não tivesse sentido, caso contrário temos servidão e não o que muita gente enganadamente chama de cumplicidade.
Por mais que se esteja apaixonado ou amando alguém, cada um não deve esquecer de ser tão somente quem é. Determinados espaços da vida de cada personagem em um casal são exclusividades de cada um, deve-se preservar a individualidade em nome de uma vida saudável a dois, sem confundir também individualidade com individualismo.

Simples assim!


Paulo Braccini
enfim, é o que tem pra hoje...

52 comentários:

  1. Meu amigo querido e maligno... é como eu digo... a simplicidade das coisas é o segredo do sucesso e da felicidade... hehehe!!!! Adorei!!! E adoro o senhor e o marido... hehehe!!! Hugzzzzz!

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo, manter um relacionamento saúdavel e suportável por um longo período, na minha opinião, é acima de tudo dar liberdade ao companheiro(a)., não sufocar a outra pessoa impondo sempre a nossa presença, e outra coisa fundamental...o respeito..quando se perde o respeito, acaba qualquer relacionamento. Por isso a soma de dois tem que ser sempre dois...nem menos...nem mais...Beijocas

    ResponderExcluir
  3. eu acho que no dia que as pessoas pararem de racionalizarem tanto os sentimentos irão parar de criar tantas barreiras afetivas e aí sim relacionamento duradouros como o seu se tornarão corriqueiros.
    mas isso é utopia eu sei.
    as pessoas são mais felizes sendo dramáticas.

    abração

    ResponderExcluir
  4. Se ecziste alguma coisa que eu aprendi no meu primeiríssimo namoro (já em SP ok rs) foi isso, que cada um deve ter auto estima (talvez seja essa a palavra) ou personalidade (quem sabe) para ser vc mesmo, para ser completo e esperar do outro o mesmo e não ficar tapando buracos... Se tiver essa idéia ao menos já serve para ter chances de dar certo... Porque a vida também é uma construção e eu não quero ficar solteiro até aprender a todas as lições... Mas essa, ah essa tah fichinha rsrs... Mas 35 anos? Tem mais algum segredo sr? Conta vai? hehe bjao!!!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom. Eu e meu companheiro estamos juntos há 10 anos e somos talvez as duas pessoas mais diferentes da face da Terra. Nosso relacionamento nunca comprometeu nossas individualidades, e nossos sentimentos mais fortes são a cumplicidade e o respeito. Não é receita pra ninguém mas deu certíssimo para nós.
    [ ]'s

    ResponderExcluir
  6. Vamos fazer o seguinte. Eu só trabalho com hora marcada. Os Bewildes agendaram para toda a semana de 27 - 31, mas como eles passam a maior parte do dia trabalhando, aí eu pego e posso acertar contigo. Passa o end, mas antes tem que depositar online o valor e eu sou tímido, na hora deixa sua marida trancada na despensa.

    ResponderExcluir
  7. Alguns amigos da blogosfera através de suas palavras nos encantam.

    Óbvio que voce é um deles!

    Abração! ^^

    ResponderExcluir
  8. Muito Bom hein? Um dia terei um relacionamento assim #esperoquenãodemore aahsausahsauas
    Beijão =*

    ResponderExcluir
  9. Paulo, 35 anos? Olha, parabéns! Eu admiro muito relacionamentos duradouros e por mim deveriam ser todos assim, e não essa bagunça que está hoje em dia. Companheirismo é arte, é saber ceder de vez enquando, é saber ter a sua própria vida mas acrescentar alguém a ela, porque ninguém se completa, mas sim se complementa! E o amor suporta, mas o respeito é a base de tudo.
    Superbeijo! Adorei.

    ResponderExcluir
  10. Querido Paulo,
    Passando aqui pra registrar nosso carinho de sempre. Simples assim, a simplicidade é tudo...
    Guarde sempre com vcs nossa amizade e carinho ela é simples, mas de coração
    Bjus a vcs

    ResponderExcluir
  11. são coisas a se pensar, tambem concordo plenamente com o seu ultimo trecho entre "" , é exatamente isso que deveria acontecer para viver em harmonia.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Belo pensamento!

    Estou completando doze anos com meu companheiro agora em Outubro. O tempo passa e o amor cresce...

    ResponderExcluir
  13. Bela referência e sugestão meu amigo! Aprecio tanto este espaço como as indicações a outros excelentes, que aqui faz! Forte agraço!

    ResponderExcluir
  14. Simplicidade...

    ér... acho que é o necessario pra toda relação dar certo.
    Nem preciso falar que o trecho do texto foi um soco em mim né?! =X
    hehehehe!!!

    Mas é isso vivendo e aprendendo...

    abraços!!!

    ResponderExcluir
  15. Depois disso o que resta dizer? Perfeitoooo.
    Abraços grandes em ti e em Wander.

    ResponderExcluir
  16. HAUhsuaha, caleja não!!! Vc rouba minhas danças (tango) mas eu te gosto mesmo assim hehe :P bjuu! (alguma coisa tah diferente akeee o.O)

    ResponderExcluir
  17. Acho que eu já falei que quero a receita de um casamento feliz e duradoura. Já falei?
    Adoro!
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Eu já estou aqui com cheiro de cravo e canela, com meu sotaque arrastado, cara de menina moça, cor chocolate 100% cacau e com uma fome que ninguem segura.

    kkkkkkkkkkkkkkk

    A VJ uma vez disse que de vez em quando eu falo muita baixaria pesada, mas não posso fazer muita coisa, se tem Bracciola pra me tentar.

    Eu espero que seus leitores não acompanhem os comentários, rsrs

    ResponderExcluir
  19. simples assim sim..
    daqui fazemos coro

    ResponderExcluir
  20. Individualidade é a palavra chave!
    Os dois devem ter e respeitar essa individualidade!
    Abraçooo!

    ResponderExcluir
  21. Na verdade eu é que tenho que agradecer o carinho e a compreensão sempre. Nossa, seus comentarios sempre me ajudando a ficar pra cima.

    Nem fale das indas e vindas... acho que agora vamos manter somente um padrão, ou só ir, ou só vir. rs

    obrigado, mesmo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  22. eu não sabia desse ranking de comentaristas. Fiquei toda molhada agora só de ver. Eu ADoro tá na frente, lembre-se que além de moça do agreste sou virginiana, adoro uma concorrência, uma corrida de cavalos, ADooooro cavalos, kkkkkkk

    ResponderExcluir
  23. eu não sirvo pra praticar.

    eu medo não é me transformar no outro.

    é encontrar alguém que queria se transformar em mim.

    ResponderExcluir
  24. o problema é que as pessoas querem dar um passo maior que a perna. Tudo tem que ser rápido e em quantidade. Não se quer conhecer mais o ser humano em sua essência. Não há tempo, não há disposição.

    ResponderExcluir
  25. Adoreiii o texto...

    estarei t seguindo
    abraços.

    >)

    sinta-se avontade no meu blog pois meu ultimo post fala de sintonia, encontros.

    ResponderExcluir
  26. Ahhhhhhhh Paulo, querido!

    Grande verdade: soma de dois é dois.
    Admiro uma relação assim, saudável.
    Mas tem que ter muitaaaaaa sabedoria pra isso viu.
    Parabéns, meu anjo.

    Um abraço meu!

    ResponderExcluir
  27. menino q coisa, parabéns pela linda relação, pela sabedoria em mantê-la e tu fechasse comc have de ouro né não? adoreiii. bj bem grandeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
  28. É isso mesmo! 2 pessoas são 2 pessoas e se um casal se transforma em UM, os dois lados saem perdendo, em identidade, em vontades, em objetivos, a coisa vira uma massa que com o tempo começa a desmoronar até que... desaparece. E não sobra nem um pra somar com mais nada. Vou visitar agora o texto indicado. Tenho certeza que vou gostar! Beijo grande!

    ResponderExcluir
  29. Sou sua fã viu Paulo?
    Até suspirei aqui depois que te li...ah como eu queria um amor assim também....sniffff

    :)

    Vou fazer uma visitinha a esse amigo que você indicou.
    Pra você deixo beijos cheios de carinho e de admiração, sempre, sempre.

    ResponderExcluir
  30. simples assim!
    ^^
    a vida é de dois, por dois. e nao dois por um ou um por dois!
    enfim...

    abraços
    voy

    ResponderExcluir
  31. Querido, amor só não basta! É como disse a Daniele Brito: o respeito é a base de tudo.

    Agora, vamos valar sério: não é mais ou menos como eu disse aqui embaixo?

    http://sac-do-amor.blogspot.com/2010/06/um-problema-terrivel.html

    Abraço, meu amigo, tudo de bom para vocês dois, que vocês são merecedores de todas as dádivas deste mundo.

    Olha, se eu ficar meio ausente, me perdoa, é que tenho que correr atrás de umas burocracias essa semana e chegarei em casa de cabeça quente e sola do pé cansada. Nada que uma boa dose de amor não resolva (háhá, mas por enquanto fica só na minha cabeça mesmo, depois se Deus quiser!).

    Au revoir.

    ResponderExcluir
  32. Simplesmente, maravilhoso e assertivo. Vou conhecer esse blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  33. Sábias palavras.
    Cada um tem a própria vida e deve ser vivda assim.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  34. É com vc que me eseplho no meu relacionamento com Melo. Pelo seu carinho e amor que sempre é expressado pelo Wander. Acho lindo!!!

    Parabéns! Feliz da vida por conhecer o Wander.

    ResponderExcluir
  35. Hum... Uma relação é como uma balança. Várias coisas tendem a dar peso de ambos os lados. Quem sabe administrar isso tem um relacionamento. Enfim, é preciso doar-se... Qual dos lados irá vencer o egocentrismo? Não importa, porque sem o "balanço" ambos perdem

    ResponderExcluir
  36. Oras... se o que encanta o outro é justamente ser o que somos, qual o sentido de continuar se deixamos de ser o que somos para ser o outrem?

    Beijos Paulo!

    ResponderExcluir
  37. Cadâ a atualização???? Aí, Jesus!!! Não vai me dizer teve um derrame... afinal, na tua idade... HAHAHAHAHAHA!!! Foi só o incauto marido viajar que Bracciola já dormiu fora de casa... tsc, tsc, tsc... Hugggggggggzzzzzzzzz!!!!

    ResponderExcluir
  38. Simples assim não é?
    rsss
    Tem que ser!

    Ah! Acho q vou aí por esses dias...

    ResponderExcluir
  39. Eu concordo com ele, e por isso sempre detestei essa crença de "metade da laranja", como se não fôssemos nada quando estamos sozinhos e, acompanhados, fôssemos um só. Nunca fez sentido pra mim, sou laranja inteira, ué!

    =)

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  40. A soma de nossas atitudes todos dias, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  41. individualidade...palvra que não sabia que significada dentro de um relacionamento até poucos meses atrás. Amor e respeito são palavras chaves num relacionamento.

    ResponderExcluir
  42. Prezado amigo, além dos gentis comentários sobre meu texto não posso também deixar de ficar grato aos elogios a mim, imprimir teu texto e vou guardá-lo como uma carta sincera e educadíssimas, coisas tão difíceis nos dias de hoje, obrigado mesmo e parabéns porque você também é um exemplo de que duas pessoas podem compartilhar uma longa história juntos

    ResponderExcluir
  43. Amigo, eu gostei mto deste post, de fato, mta gnt confunde amor com dependencia e mtas vzs esta dependencia sufok e a soma de dois akba se tornado tres... se eh q me entende.
    Levar um relacionamento numa boa, por mtos anos, deve ser msm uma arte, afinal, 35 anos eh UMA VIDA! E uma vida a dois, com todos os seus conflitos, ainda mantendo o RESPEITO do espaco de kda um eh realmente uma arte.
    Abracos cordiais.

    ResponderExcluir
  44. Simples?

    Basta não ter Venus em Escorpião...

    beijossssssss

    ResponderExcluir
  45. ... e é tão somente isso, a equação para um relacionamento a dois completo e verdadeiro: "A soma de dois deve continuar a ser dois". Tão simples, né?

    Abraço

    ResponderExcluir
  46. Faz todo sentido.

    As pessoas costumam cometer um erro primário quando estão apaixonadas: Passar por cima de si mesmo. Valores. Opiniões. Conceitos. Vontades e etc etc, pra agradar o outro; e quando a ficha cai... Ihh, cara o gosto é ruim, viu? Amargo. Estranho. Ácido. Faz mal... Machuca. Dói. Falo por experiência própria.

    Acredito que o "Be Yourself" deva vir sempre em primeiro lugar pra um relacionamento dar certo. Mas também acredito que ele deve ser dosado. Não por manipulação ou jogos, e sim por preservação. De quem? De nós mesmos. Fato!

    Acho que o segredo para relações longas, duradouras, fortes e etc, pelo menos pra mim são 4 pontos: Confiança. Fidelidade. Cumplicidade e Lealdade. Até por que, se contarmos apenas com a paixão e com o amor, corremos o risco de virar pessoas pedantes que se tornam escravas desses dois sentimentos, que são sim, sentimentos que não pensam, só se jogam e aí a coisa pode complicar. Acho que nenhum amor sobrevive sem essas coisas. E nenhuma paixão vira um amor, se nenhum desses pontos chegar e se apresentar.

    O amor não é complicado. Complicado é o ser humano que tenta explicar algo que apenas tem que ser vivido. Fato!

    _____

    Obrigado pela visita, espero que volte mais vezes, Paulo.

    Se cuida, cara! Abraço!

    ResponderExcluir
  47. E como diz a letra de uma música, que por sinal é de mineiro, 1 + 1 sempre deve ser 2, respeitando a individualidade dois + dois será realmente dois.
    Bjos e abraço

    ResponderExcluir
  48. Parabéns ao casal pelo relacionamento tão duradouro e tão precioso, 35 anos não é p/ qualquer... qualquer DOIS né? Porque qualquer um não seria um casal! Abraços e felicidade

    ResponderExcluir
  49. É, filho, essas coisas do amor... =D
    É sempre bom ter sua visita no Cleytudo. abs.

    ResponderExcluir
  50. Oi Paulo, que beleza de postagem! Pra que complicar se tudo pode ser simples, não é verdade?

    Aproveitando o post sobre casamento...

    Vim aqui falar do Censo (tô igual a testemunha de Jeová batendo de porta em porta...rs)

    Como vc de saber, o IBGE este ano, pela primeira vez, vai contabilizar os casais gays no Censo Demográfico. Sendo uma contagem oficial, vai ser de muita importância para a visibilidade dos LGBT’s e cobrança de políticas públicas.

    Pensando nisso, eu criei 2 banners com a frase criada pela ABGLT:

    “IBGE…Se você for LGBT diga que é! ”
    e estou convocando os amigos blogayros para colocarem estes banners em seus blogs e espalharem pela net como incentivo.

    Espero contar com a ajuda do seu blog!

    Os banners estão neste link da minha página:
    http://kikoriaze.com/2010/07/22/campanha-lgbt-ibge-2010/

    Abração!
    Kiko Riaze

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin