quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Cativar





E foi então que apareceu a raposa:
- Boa dia, disse a raposa.
- Bom dia, respondeu polidamente o principezinho, que se voltou, mas não viu nada.
- Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira…
- Quem és tu? perguntou o principezinho. Tu és bem bonita…
- Sou uma raposa, disse a raposa.
- Vem brincar comigo, propôs o principezinho. Estou tão triste…
- Eu não posso brincar contigo, disse a raposa. não me cativaram ainda.
- Ah! desculpa, disse o principezinho.
Após uma reflexão, acrescentou:
- Que quer dizer “cativar”?
- Tu não és daqui, disse a raposa. Que procuras?
- Procuro os homens, disse o principezinho. Que quer dizer “cativar”?
- Os homens, disse a raposa, têm fuzis e caçam. É bem incômodo! Criam galinhas também. É a única coisa interessante que fazem. Tu procuras galinhas?
- Não, disse o principezinho. Eu procuro amigos. Que quer dizer “cativar”?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa “criar laços…”
- Criar laços?
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo…



Do “Pequeno Princípe“ . Antoine de Saint-Exupery


Paulo Braccini
enfim, é o que tem pra hoje...

31 comentários:

  1. que encanto de texto...descobri que preciso de alguem pra me cativar...

    ResponderExcluir
  2. e quem não precisa não é mesmo Fabiano e Fernanda? Ser especial é algo q todos nós queremos ...

    Pequeno Príncipe sempre atual ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  3. adoro esse livro demaiss
    li várias vezes e sempre q leio percebo coisas novas q naum tinha percebido antes!!
    abraçoo!

    ResponderExcluir
  4. Recebemos dos outros o que oferecemos. É a lei da causa e efeito.
    Se queremos amor, temos que dar amor.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. "Tu ti tornas...", está frase é verdadeira e eterna.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Te cativo...
    Mas não te prendo.
    Mas te possuo,
    Pois me ensinaste a amar.
    Amar é soltar, soltar
    Até se separar do cativo,
    Vê-lo partir
    Como um errante...

    Tácito

    ResponderExcluir
  7. Um grande livro,muitas vezes subestimado como 'livro para crianças'.Excelente post,como sempre,Paulo.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Em um singelo trecho, uma perfeita e deliciosa explicação do que significa o ato cativar, ou seja, o princípio da amizade.

    Belissimo, belíssimo.

    ótimo dia pra ti.^^.

    Dand.

    ResponderExcluir
  9. Obrigado amigos ... vcs já me cativaram e portanto ... tornaram-se responsáveis ...

    bjux a todos ... Vanderson, Guará, Wander, Xará, James e Dande ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  10. E é isso que mata! Tanta gente que queremos cativar e nos esforçamos para isso, e tantas outras que queremos descativar, rs, torna-la comuns novamente. Mas adoro, super concordo com a raposa! bjaoo!

    ResponderExcluir
  11. Queridíssimo Paulo:

    A reprodução do trecho do Pequeno Príncipe só poderia vir de alguém tão elevado e especial mesmo. Este livro simplesmente diz o mais importante de tudo. Parabéns pelo bom gosto. Beijoooo.

    ResponderExcluir
  12. Obrigado Renato ... descativar algumas pessoas é ótimo ... kkkk

    Obrigado Edilson. ... qta generosidade ...

    bjux aos dois

    ;-)

    ResponderExcluir
  13. Adoro esse trecho do Pequeno Príncipe também!

    Sabe o que eu reparei só hoje? Eu não tinha você nos blogs que eu acompanho!! Acredita nisso??? Mil desculpas e erro devidamente corrigido!! Agora sim vai me ver mais por aqui...


    beijo!!

    ResponderExcluir
  14. olha só que abusado o senhor Mister Paulo ... kkkkk

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  15. e nós nos tornamos perfeitamente responsável por tudo que cativamos!

    ResponderExcluir
  16. Oi Paulo, tudo bem com vc?
    Eu adoro esse livro, acho incrível.
    Quando o li, se tornou um, dos meus favoritos. A leitura em si me fascina, tanto que trabalho numa livraria, daí já viu, rsrs.
    Fico super feliz q tenha caído pelo meu blog por acaso e gostado.
    E é minha cara ele, todos os meus textos eu procuro colocar sentimentos, emoções nas palavras que ali seencontram.
    O seu tbm é massa, achei muito legal ele.
    Sigo-te tbm.

    Bjo
    :)

    ResponderExcluir
  17. Obrigado Dil pela presença e pelo registro ... legal trabalhar em uma livraria ... qta riqueza disponível eim?

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  18. Adoro essa história... mas uma vez eu fui seguir a moral dela e acabei me f*dendo... Depois conto essa história

    ResponderExcluir
  19. Ai, meu amigo, ando com o romantismo a flor da pele, morrendo de saudades do meu amor...

    "Qualquer beijo de novela me faz chorar"!

    bjo e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  20. Amo a história do Pequeno Príncipe, cada ano que passa eu gosto de fazer a leitura dele...foi o primeiro livro que ganhei em minha vida.


    abraços

    Hugo

    ResponderExcluir
  21. Dizem que é livro de miss... mas eu adoro esse príncipe!!! Muito bom!!!
    E claro que as mãos são minhas... hehehe... mas são só duas e acho que vc mencionou 4 partes minhas que são interessantes... minha curiosidade deseja saber... quais as outras 2?! Hehehehe!!!!!! Ótima quinta pra ti!!! Abração!

    ResponderExcluir
  22. Você segue a Liberdade. Isso é algo revelador. Quero lhe convidar a conhecer o meu blog. Vai que você goste. Não sei.
    Convido assim, sem oferecer nada além do convite, na cara dura, sem prometer nada.
    Vai que você goste de quem é direto. Não sei.

    http://jefhcardoso.blogspot.com Abraço!

    ResponderExcluir
  23. Obrigado a cada um de vcs amigos, que aqui passam e registram suas emoções de pequenos príncipes ... esta é uma das formas de se cativar e assim se tornarem super especiais ...

    bjux a todos vcs Mauri, Marcelo, Hugo, Fred, Jefh.

    ;-)

    ResponderExcluir
  24. Este trecho é um dos mais lindos, do 'O pequeno príncipe', e uma das liçoes mais verdadeiras sobre a vida... não entendo como algumas pessoas consideram 'O pequeno príncipe', como livro infantil, é uma obra para ser apreciada, durante toda a vida... Devo dizer, que este livro me cativou! rs

    ResponderExcluir
  25. Enfim Messias ... cativou a todos nós com certeza ... bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  26. Deixa eu te contar, a primeira vez que peguei esse livro, tinha entre 8 e onze,não lembro,não consegui terminar.Me irritava.Lembro de ter pensado que o escritor deveria ser um alcoolatra carente,rsrs,que petulância da criança,rsrs.
    Fui reler depois de adulta,pois sofria de um vício terrível, não conseguia comer nem fazer nada sem ler(olha o tipo da pessoa).
    Então foi que consegui perceber a delicadeza e a beleza da história.
    Nada como a necessidade para ampliar as mentes,rsrsrs,senão, teria passado batido.
    bjos

    ResponderExcluir
  27. Pois então Pimentinha ... ainda bem né? bjux querida amiga

    ;-)

    ResponderExcluir
  28. Ahhhh Paulo!!!!
    Sou apaixonada por esse trecho!!!
    Cativa-me, cativa-me, cativa-me!!!
    E depois...
    Ganherei sim... Por causa da cor dos seus cabelos...
    Bjão

    ResponderExcluir
  29. Lindo mesmo Fernanda, e muito forte tb ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin