sábado, 31 de outubro de 2009

Eu sou seu




Eu sou seu, bem seu. Mais seu em tudo o que faço e sinto é impossível. Uma saudade que mesmo cuspida continua engasgada. Saudade que não desgruda e por mais que sua presença seja despejada em mim de todas as formas, não consigo parar de sentir sua falta. Todos os meus amores por você me bolem por dentro. Ando agitado e só me acalmo quando você vem e gruda. Gruda daquele jeito, sabe? E só fazendo rabisco do que sinto pra entender realmente essa necessidade absurda de você em mim. Ontem foi tão gostoso, foi tão sentido tudo, foi tão você comigo, que não sei explicar o grau de excitação daquele momento. Hoje esse amor danado de gostoso é que tem vez aqui, nem que eu fique sozinho, falando do que sinto e de tudo aquilo que você significa pra mim. Golpe baixo, dizer que a cada dia que passa, você enraiza mais em mim? Golpe baixo, dizer realmente que sem você não dá, que suspirar sem cortes só se for no momento que estou jogando amor inteiro na hora de respirar? Golpe baixo, dizer que você virou meu mundo e minha vida? É golpe e daqueles fundos, mas não é baixo, é na altura certa de um coração apaixonado. Eu te amo, mas é muito, será que dá pra entender de verdade isso? É golpe baixíssimo dizer que você é o homem mais supreendente, encantador, lindo por natureza e que recebeu de mim o ápice do meu amor? Eu faço tudo por você, tudo e mais um pouco, eu sou aquele que te ama de todas as formas e maneiras. Você é aquela mágica que nunca precisou de pirlimpimpim, você é a magia em pessoa. Esse efeito de amor verbal hoje vai receber todo o enriquecimento do que mora aqui dentro, do que sente por você. Hoje vou despir toda essa loucura e deixar bem nu, bem do jeito que sempre fomos: Crus. É um gozo inexplicável. É um tremedeira no corpo imensurável. É uma abertura de pernas só pra você entrar mais fundo dentro de mim, naquela loucura infinitamente incessante.
Foda só tem vez se for comendo o meu momento...
... pra você enfiar bem gostoso em mim o seu sentimento.


Adaptado de Rebeca


Paulo Braccini
enfim, é o que tem pra hoje...

11 comentários:

  1. Confissões de sentimentos verdaeiros reforçam a verdade de uma grande paixão.
    Ficou explícito e despido de maquiagens bestas.
    Abraços.

    Ps. Amigo estava "chateando" vc. Foi brincadeira, rsrsrsrsrs!

    ResponderExcluir
  2. Eu racho de rir com seus comentários lá,srsrsr

    vem mais pela frente ,desculpa a pressa.
    Happy Halloween querido ,abração.
    ^^

    ResponderExcluir
  3. Amigo, lhe induzi ao erro na questão da idade do Zé Bonitinho. Mas Fiz uma "mea culpa" nos comentários e lhe pedindo seculpas por meu vacilo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. não gosto de máscaras ... só em festas ... rs ... obrigado e eu vi q estavas era zoando só q tb quiz zoar com vc ... jajajaja

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Glaukitos ... nhaaaaaaaa

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  6. imagina querido! no problems ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  7. Paulo,
    Intenso, forte, avassalador. Nunca li uma declaração tão intensa, tão despida de medos e meias palavras. Ah como eu queria alguém com essa intensidade toda se declarando pra mim ou que se abrisse pra receber de um amor desses...
    Eu sim viajei nessa beleza despida de timidez...
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Paulo,
    Ah! A entrega única, intensa do querer, dos desejos...
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. putz que coment denso e bonito Alder ... obrigado querido ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  10. ops... corrigindo a gafe: Arthur Alter ... rs

    ;-)

    ResponderExcluir
  11. Obrigado Leslie ... coment tb denso e profundo ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin