sexta-feira, 29 de maio de 2009

Manifesto da Loucura



Vi hoje no Blog Amigo da Sofia . (link abaixo) . Tão perturbador e reflexivo que não poderia deixar de compartilhar com os leitores deste espaço.

Hoje deixo aqui a minha manifestação de repúdio ao que um ser humano é capaz de fazer com outro... Simplesmente não entendo e não aceito nada que se aproxime de qualquer coisa que lembre a violência. Dia 18 de Maio foi o dia nacional da luta antimanicomial no Brasil. Todos os dias é preciso gritar um basta ao horror que fazem em nome sabe-se lá de que ou de quem... Se todas estas pessoas são loucas, sou também! Que hospício maior não é este em que vivemos chamado Mundo? Hoje a minha poesia vem para chocar. Para doer! Para mover! Para dizer NÃO!


http://amigodasofia.blogspot.com/

video

Atenção: Cenas fortes e contundentes.

Paulo Braccini
enfim, é o que tem pra hoje...

9 comentários:

  1. È amigo , já fiquei num quase hospício , mas só quando recebi alta e sai de lá é descobri que na verdade ... quando sai de lá é que entrei no hospício ...

    Um abraço :)

    O selo está "bostado" ...kkkk

    ResponderExcluir
  2. È Xará !
    Por essas e outras, é que eu estou agora adotando o uso de máscaras. E olha que eu nem tenho medo da gripe suína. (rs).
    E, aproveitando o ensejo, agradeço os comentários muito inteligentes em xanadu/poesias.
    Abração.
    Tácito.

    ResponderExcluir
  3. Mui bem lembrado, Meu Bom Paulo, o portador de sofrimento mental merece apoio todo pois ausente é da solidariedade e do cumprimento de seus direitos e proteção do Estado!
    Tema maior de blogs meus!

    Oportuno e Importante Post!

    Viva a Vida!

    ResponderExcluir
  4. Interessante isto meu querido Mariposo, lá pelos meus 25 anos tb estive com um encaminhamento médico em mãos para me internar para um tratamento de sono-terapia contra crises depressivas. Rasguei a guia, nunca mais tomei remédios e nem voltei aos médicos. É certo que na época conheci uma pessoa extraordinária - Rogério (psicólogo) que teve um papel fundamental na minha vida. Assim temos dois Paulos: um até 25 anos e o outro pós 25. Graças. Aprendi a conviver com a loucura do mundo e dos outros. O louco realmente não era eu.

    Abração meu querido...

    ;-)

    ResponderExcluir
  5. Pois então Xará! As máscaras por vezes se tornam nosso anteparo protetor deste mundo, este sim, verdadeiramente louco. Obrigado pelos elogios.

    Abração

    ResponderExcluir
  6. Mister Mariposo, esqueci do detalhe ... vou lá ver o Selo "BOSTADO" ... adooooro

    "Um "xêro" pra vc...

    ResponderExcluir
  7. Querido Calmom, muito obrigado pelo carinho de sua visita e de suas palavras. Os loucos e uma gama enorme de excluídos merecem a nossa solidariedade e apoio.

    Abração amigo

    ResponderExcluir
  8. Querido Paulo,

    Muito obrigado pelo carinho e por me ajudar a divulgar toda a indignação e repudio ao sistema manicomial deste país... Quem são os normais? Eu tô fora desta e, doa a quem doer, não vou deixar de ser sempre eu mesmo.. Muito obrigado!

    Luz e paz!

    Com carinho,
    Whesley

    ResponderExcluir
  9. Quem é louco pra dizer que o outro é louco ?
    Faço parte do movimento ideológico musical Manifesto da Loucura, que defende que loucura pode ser muito subjetiva, ou seja, o que é para uns, pode não ser para outros.
    Ou seja, respeite o próximo, não o julgue nem rotule.
    Abs

    ResponderExcluir

então! obrigado pela visita e apareça mais, sempre teremos emoções para partilhar.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin